sexta-feira, outubro 31

Dia das bruxas

Meus caros, o tempo é curto mas às vezes dá para fazer um intrevalinho.

Tenho andado a questionar-me e sabendo que a higiene oral é crucial na vida de um qualquer cidadão normal, como será aguentar uma conversa, mesmo até respirar o mesmo ar de alguém que já não lava os dentes há muito tempo? E se nesse "muito tempo" estiver incluído esse - cada vez mais viciante -hábito de ter de comer vezes sem conta uma singela cebola crua?.....

Bom, uma coisa é certa, pelos registos recentes a cebola não faz só chorar. Faz esquecer, perder a lucidez. Ou então é da qualidade da cebola. Ou da nacionalidade. Ou do tamanho... Curioso é que na semana passada, com o microfone encostado às mandíbulas não lavadas, alguém que não cumpre a higiene oral dizia que "se estivesse na bancada também assobiava" e depois de mais umas trincas na cebola vem dizer que "se estivesse na bancada dava carinho e amor"...

Adiante, ficamos hoje com um dado que já cá tinha sido levantado há muito tempo: o corrupto mor e os administradores corruptos ganham à comissão. E daí? Não era o que fazia a Carolina?

Que novidades....qualquer dia ainda algum jornalista vem levantar a suspeita que há off-shores ligadas ao assunto....
Ou que há imobiliárias em cedofeita que não vendem casas......
Ou que o juiz que arquivou estes ultimos 2 processos do apito dourado na comarca de Gondomar foi jogador de futebol do fóculporto.....

...no creo....pero que las hay.....

Olh'à Cebola....


Pois é senhores, nós já o tinhamos dito! O Cebola ganha muito mais do que aquilo que os jornaleiros foram obrigados a publicar. Os CORNÕES do DRAGAY andam convencidos que o rapaz só recebe qq coisa como 120 mil euros/mês, mas o Bulbo Uruguaio anda-lhes a mamar na casa dos 200 mil.

E não venham nos acusar de lançar boatos... é que todos sabemos que quando se zangam as comadres, se dizem as verdades:

"... Lisandro está em guerra surda com a SAD — que é capaz de pagar 200.000 euros por mês ao Cristian Rodriguez...", Miguel Palhaço Tavares , A Bola 28 de Outubro 2008!

Com a crise que está e com o decrescimo das receitas no negócio da droga na Ribeira e Areosa, ainda acham que é coincidência que os SuperDealers não lhe mandem umas pedradas?

Bom fim de semana a todos,

Vermelhovzky

P.S.: A foto é (mais) uma (exclente) produção do nosso camarada E.T. Benfiquista (a.k.a.) ETSLB. Um grande "bem-haja" para ele!

P.S.2: Quanto é que o Paulo Assunção queria por mês??? LOL

quinta-feira, outubro 30

O Futebol de que eu gosto.

Se é verdade que o “Bando dos 4 Pintos” (ainda este número 4 ... mágico) e as consequências do seu terrorismo, nos obrigam a fazer desta Gloriosa Tribuna que é oantitripa, um Tribunal de Memória e Verdade, que ilumine as trevas que as bestas lançaram sobre o nosso Desporto, ainda assim, não vi escrito, em lado nenhum, que não posso falar de Futebol., sobretudo se for para escrever do futebol de que eu gosto.

De futebol em geral, claro, do futebol “plasmático”, na poltrona e com a Família, ou da Festa que é ir a um grande estádio, do futebol espectáculo industrializado ou do convívio de “solteiros contra casados”, enfim, de um qualquer dos inúmeros aspectos deste desporto magnífico que é O Futebol.

Do futebol que chega a ser poético quando interpretado pelos mágicos Puskas, Gento, Pélé, Cruyft, Beckenbauer, Maradona e, acima de todos, o nosso Pantera Negra, Eusébio da Silva Ferreira, ou é simplesmente maravilhoso quando bem jogado por atletas “normais”.

Do futebol inesquecível das grandes Equipas como o Real dos anos 50, o Benfica dos anos 60, o Ajax dos anos 70, Os Magriços de 66, a Canarinha de 70, a França de 82, ou o futebol mais simplesmente emocionante com que a nossa Equipa eliminou o Nápoles, em dois belos desafios.

Do futebol verdadeiramente inenarrável e indescritível (só visto!) como o do 3 a 2 com que vencemos o Barça na Final dos Campeões, dos 5 a 3 à Coreia em 66, dos 4 a 1 do Brasil à Itália em 70 e dos 3 a 2 que a Itália lhes “devolveu” em 82, ou o futebol simplesmente espectacilar como os 4 a 4 com o Bayer, os 6 a 3 ao Sporting e mesmo o dos 4 a 3 ao Paços ou, até e se não tivesse havido uma grosseira deturpação da Verdade Desportiva (no “penalty” não assinalado sobre o Di), o da meia final da época transacta para a Taça de Portugal (se não concordam ... conspirem!).

Em síntese, eu adoro um bom desafio de futebol, de preferência se jogarem alguns grandes talentos, mas sempre, acima de um nível mínimo de qualidade, se se defrontarem duas equipas de 11 atletas, que disputem o jogo e o resultado com “Fair Play” e desde que, sendo respeitadas as regras, haja Verdade Desportiva.

Não, não estou a pensar em “vitórias morais”: quando falo em Verdade Desportiva (VD), quero dizer que o resultado só pode ser feito pelas duas equipas em presença e não, nunca, pelos supostos Árbitros, nem por incompetência, quanto mais por dolo intencional a uma (ou às duas) partes.

Enquanto a FIFA e o “International Board” parecem teimar que o “erro” da Arbitragem é como que um “condimento” que dá maior interesse ao futebol, eu ... discordo (ainda que esse erro favoreça o Glorioso). Discordo porque o futebol já tem mais do que os bastantes elementos de aleatoriedade (a bola na trave, o ressalto, o erro humano dos atletas, etc.), mais do que a suficiente complexidade táctica e mais do que a necessária componente de risco, para garantir que cada desafio é irrepetível de resultado imprevisível e até ... ao fim!

Exemplos? A maioria dos desafios em que é respeitada a VD!

Para falar, só, de exemplos em finais da Champions, pensem na derrota, nos descontos, do Bayern com o ManU, no jogo Liverpool vs Milan, ou ... na última final. Aliás, eu não consigo entender porque raio de razão exigimos aos Juízes decisões ponderadas e baseadas em todas as peritagens necessárias e com recurso a todas as tecnologias da criminalística forense, para depois, aos Árbitros, só exigimos decisões imediatas e ... sem recurso a tecnologias, que as há (ainda não existiam na final de 66 entre a Inglaterra e a Alemanha), que poderiam erradicar o erro humano.

Portanto, o futebol de que eu gosto NÃO é o mesmo do que gosta o Sr. Blatter!

Mas estaríamos menos mal se só estivessemos confrontados com o futebol do Sr. Blatter: com Árbitros competentes e impolutos, o erro humano que falseia a VD, é pouco mais que raríssimo e, por isso, insuficiente para desprover o futebol do seu carácter desportivo.

O nosso caso é, desde há décadas e dramaticamente, bem diferente: aqui, o Futebol ... foi ASSASSINADO!

Estou-me nas “popetintas” para o que têm dito, aos Juízes de Gondomar, os mais ou menos aziados bois peritos. Mais ainda, estou-me a borrifar para as escutas telefónicas e para os seus ridículos e neorealistas conteúdos.

Eu sou Actuário! Eu sou Mestre em Cálculo de Probabilidades e em Inferência Estatística (além de “navegador”, claro, ahahah)! Eu posso provar, em bases científicas, que os erros dos Bois NÃO SÃO ALEATÓRIOS! Há anos que a longa série de erros é INTENCIONAL, DOLOSA e envenenou, até à morte, o nosso futebol

Isto já não é futebol! Isto tem nome e todos o conhecemos: chama-se excremento de Polvo e, ainda que suceda em campos relvados, além de outros antros, nada tem a ver com o Desporto. NADA!

As comentadeiras prostituídas, porque avençadas, pariram os chamados “critérios largos”, como quem cose um trapo e na tentativa de, por baixo, esconderem a realidade. Mas o farrapo não esconde nem a ponta da careca do D. Cor(no)leone e já tresanda de se lhe ter chegado perto.

Os Bois do apito, esses que, cuidadosamente formados, classificados, promovidos e seleccionados, ao longo de décadas, garrotearam a VD com o farrapo dos “critérios largos”, podem ver-se, quando têm os “bónus” da UEFA, a arbitrar de acordo com as Leis do Jogo e errando pouco mais que os verdadeiros Árbitros, aqueles de que se pretendem travestir.

As várias gerações de olarápios que temos visto escarrar nas Leis do Jogo e ofender a nossa inteligência de Homens Livres e Dignos, ora permitindo o Andebol (7 casos num só desafio, vejam no youtube), ora aplaudindo o que eu chamo de Rugbol (de que são exímios o Bruto Alto e o Tou Nele), ora teletransportando por dezenas de metros os locais das faltas, ora escamoteando-as, ora inventando-as, umas vezes permitindo, até, a invasão de campo por todos os suplentes em simultâneo e, noutras, fugindo de atletas agressores, etc, etc e sempre sem o mais leve pingo de carácter, esses não têm nada a ver com o Futebol do Sr. Blatter, esses são abastados, apastados, aleitados, achocolatados, afrutalhados e outros “ados” pelo Bufa da Bosta.

Ok, ó “navegador”, tens razão: eles estragaram o nosso futebol, mas ...

Mas ... porra nenhuma, que vai levar anos a limpar a enxurrada de imundície que produziram!

Se temos a capacidade de formar atletas que se destacam nas ligas mais competitivas, se temos técnicos que vencem lá fora, porque raio de razão as nossas competições internas desceram ao nível anticompetitivo actual?

Sempre tivemos grandes estádios de futebol e boas assistências, temos 3 diários desportivos para 10 milhões de habitantes e estão os estádios às moscas excepto quando joga o Benfica?

Clubes falidos e com salários em atraso, não são coincidência: o Polvo, que pariu a Liga e tomou de assalto os principais fluxos financeiros gerados pela “Indústria”, chafurda a seu bel-prazer na insolvência de 80% dos clubes. Chafurda e ... vive dela!

Esganada a Verdade Desportiva, pela olarapiagem, pela falta de transparência e de independência financeira, a coberto dos mérdia e satelizado o Histórico Sporting Clube de Portugal, o Polvo já confunde o ódio mortal que tem ao Benfica com o seu próprio instinto de sobrevivência, já se autoflagela na ilusão de ter um minuto de “glória” por anunciar um “contrato em cinco minutos” (5 – 1 = .... 4!) e por ter um "Profe" que, um dia, deu a ilusão de, talvez, ter sido Benfiquista.

No seu estado actual, o Polvo já se afoga no excremento que gerou, já não se satisfaz com o seu ódio de sempre e autoflagela-se desbaratando recursos (financeiros e humanos) para interferir na rivalidade minhota. Fundamentalista no seu vácuo de valores e confrontado com a vertigem do seu fim, o Polvo vai querer levar consigo para as profundezas, tudo e todos, até os cadáveres da Verdade Desportiva, do Futebol Português e de algumas outras Modalidades (das com apitadores), na esperança de ferir o Glorioso, nem que seja só de raspão.

Escrevo-vos do país que viveu um dos sistemas mais abjectos da história contemporânea – o Apartheid. Este país, imenso e lindíssimo, que o Apartheid destacou de todo o continente, pelo melhor e pelo pior, venceu as previsões mais trágicas pela mão de um Homem invulgar, um verdadeiro Mahatma – o Vôvô Nelson Mandela, exemplo vivo de todos os nossos Valores (e, por isso, Benfiquista com toda a certeza).

O “milagre” da Democracia e do Desenvolvimento da Rep. da África do Sul, tão bem traduzido na frase emblemática “it’s impossible”, resultou de uma batalha de Valores, com Valores e pelos Valores, só sendo possível pelas mãos dessa Grande Alma que é Mandela.

A comparação entre o final do Apartheid e a actual situação do nosso futebol, surge, diante de mim, como ... natural, imediata e necessária.

Também, no nosso caso, não há alternativa ao Benfica e cumpre-nos esse papel na História! Por mais impossível que pareça, vai ser possível.

Por isso eu escrevo: é impossível!

Viva o Benfica!

NA RIBEIRA DE "PALERMO"

JÚLIA TRIPEIRA, SIDÓNIO PROGRESSO
e
ANDRADE CORRUPTO
ou
Salgueiros, Progresso e os batoteiros



NOTA INTRODUTÓRIA
“Corria o mês de Agosto de 1908 e numa esquina do antigo largo da Arca de Água, no Porto, realizava-se uma reunião ultra-secreta. Um grupo de sócios e jogadores do Élite Foot-ball Clube, descontentes com o rumo que a colectividade seguia, resolveram fundar um novo clube: chamaram-lhe Sport Progresso. E nesse longínquo dia, há cem anos atrás, nem imaginavam o rol de peripécias que lhe estava reservado: foi extinto por simpatizantes dos adversários, perdeu metade do estádio e conquistou um elemento de peso, um frade franciscano com jeito para o futebol e uma grande dedicação ao clube. Pelo meio, ganhou títulos em várias modalidades que com o tempo acabaram por desaparecer.

Antes de terem estádio, os progressistas usavam o Largo da Arca de Água para os treinos e jogos, até que a Câmara decidiu transformá-lo num jardim. Um rude golpe que os obrigou a meter mãos à obra na construção de uma infra estrutura própria.

Inaugurado em 1923, o Estádio do Amial, considerado na altura, um dos melhores da Europa, era uma obra majestosa. Conta a actual direcção progressista que alguns sócios do futebol clube do porto começaram a não gostar muito de ver o Progresso voar alto e arranjaram maneira de o extinguir.

Em 1933 na cidade do Porto dá-se o célebre caso dos ANDRADES, com as acções menos correctas por parte do fcporto sobre os clubes mais pequenos da cidade
O campo do Ameal era utilizado por um pequeno clube da Cidade, o Sport ProgressoEste campo arrendado por este clube era da família Andrade, quando 2 dos filhos tomaram posse dessa propriedade, um era adepto do Sport Progresso, e o outro adepto fcporto, e este obrigou o Sport Progresso a ficar sem esse campo, pois o campo do fcporto, que era o da constituição, era muito inferior, e porque é que este clube (Sport Progresso) devia ter um campo melhor
O caso foi para tribunal mas o Andrade adepto do fcporto conseguiu dividir o campo em dois, uma parte para o mano portista e outra parte para o mano do Sport Progresso, mas o mano portista inviabilizou que o Sport Progresso jogasse mais no campo.Claro que o Sport Progresso entrou em agonia financeira porque deixou de competir por falta de espaço, tendo na altura levantado uma onda de protesto na cidade contra o fcporto por esta atitude do mano portista

Em 1934, militava o clube na 1.ª divisão da Associação de Futebol do Porto, alguns adeptos do fcporto "fizeram-se sócios do Progresso e numa Assembleia decidiram a extinção", conta o padre Avelino Amarante, presidente da Assembleia-Geral do Progresso. Não conformados, os progressistas conseguiram pôr de novo o clube de pé, mas, em breve, novos imprevistos aconteceriam na vida do clube.”




Na sua velha taberna, na Ribeira de “Palermo”, após a janta, Júlia Tripeira e Sidónio Progresso, cúmplices na vida e no amor, sentados nuns mochos velhos e sebentos, negros do fumo e polidos pelo uso, conspiravam em voz baixa, deitando contas à vida.
Nunca tinham esquecido o que Andrade Corrupto, irmão de Sidónio, lhes fez, aquando das partilhas da família. Vigarista de alto coturno, deixou todos os seus na penúria e a passar fome, montando casa a três prostitutas com as quais vivia promiscuamente, esbanjando fortuna “à fartazana”, vagueando pelos bastidores de “Palermo” e pelos submundos mais corruptos e viciados da arbitragem dos distritais de futebol da Trypalândia, mas sempre ligado ao FCBatota. Toleravam-no na taberna, pois era habitual acompanhante de frequentadores e clientes que diariamente ali faziam as suas refeições.
Nascida em Paranhos, Júlia, desde catraia, foi viver para casa de uns tios, na Ribeira de “Palermo”. Mulher causticada pelas agruras da vida, mãe solteira muito jovem, cedo viu partir a perdição da sua vida - seu filho, que amara com tanto desvelo, foi levado pela guerra, lá longe, no Ultramar. No entanto, a sua força de vontade para vencer na vida prevaleceu, e hoje, a sua vida remediada era estável. Apesar da sua idade, ainda mantinha a beleza de outrora. Mulher de verbo fácil e destemida, quando por vezes a coisa aquecia, o vernáculo emergia da sua voz quente actuando como um bálsamo para aqueles que se sentiam humilhados e amesquinhados pelos “chicos espertos” do costume.
Era uma indefectível do grande Salgueiral, com aquela alma de que tanto se falou, anos e anos a fio!
Sidónio, ex-jogador de bola, tinha tido uma vida pacata, tranquila, e sentiu sempre um “fraquinho” por aquela que já tinha sido a mulher mais disputada da Ribeira de “Palermo” – Júlia Tripeira. Noutros tempos, no apogeu do seu dinâmico e vitorioso Progresso, Sidónio deu-lhe a mão. Hoje, é ela que o ampara da artrite e da “espandilose” que tanto o ataca, como se já não bastassem as trafulhices do crápula do seu irmão, Andrade Corrupto.
Andrade Corrupto, ferrenho adepto do FCBatota, cuja alcunha de antanho se deve à sua arte e habilidade de em tempos idos, “comprar” os adversários do célebre “boxeur”, Trelles Balboa, quando era seu empregado, cedo enveredou pelo submundo de Palermo envolvendo-se em negócios de prostituição, contrabando e droga.
Deu o golpe do baú, deixando o seu irmão à beira da miséria, quando, através de falsificação de documentos e de uma série infindável de falcatruas, se apropriou ilegalmente de terrenos e campos que eram por direito, propriedades de Sidónio. Enriqueceu, mas o jogo e as mulheres atiraram-no para a reforma mínima por falsa invalidez, complementada já mais tarde, novamente, com as actividades ilícitas de proxeneta e “passador”.

Na taberna, já aquecido por um douro excepcional, colheita de há três anos, com treze graus e meio, o bando do FCBatota, por entre as pipas, rejubilava com as façanhas da sua gentalha trapaceira. Andrade Corrupto, com as habituais fanfarronadas, de braço no ar, segurando e abanando um folheto, virava-se desafiador, para Júlia e Sidónio, dizendo:
- Olhem! Olhem para aqui! Agora não são só taças, agora é “coltura”! Só o FCBatota é que poderia proporcionar isto aos seus adeptos!
Sidónio nem olhou, mas Júlia soltou aquele esgar de desprezo perante o qual Andrade Corrupto ripostou:
- Vê bem, Júlia! Vê bem! Agora a nossa Filózinha, a bicasada com o nosso Giorgio, como directora da secção cultural do nosso clube, vai apresentar um programa musical que só visto! O primeiro é em directo da Casa da Música…
- Música? Música dessa ouço eu todos os dias, e estereofónica! Basta a sinfonia das entranhas do meu Sidoninho, a partir das onze da noite. E olha, nem compro bilhete! – respondeu-lhe com desprezo Júlia.
Andrade Corrupto ficou meio aparvalhado com a resposta e balbuciou:
- Óó…ó Júl…
Júlia em ar de gozo, sem o deixar respirar, atirou-lhe forte e feio:
- Bem, mas pior, pior, é quando o teu querido presidente se larga por dá cá aquela palha! Porco! Até obrigava a outra a “esfumaçar”, para disfarçar. Se calhar esta, para as recepções, como está mais virada para a música, vai levar um trombone para abafar o som e absorver o cheiro! O que vale é que as do Sidoninho não cheiram mal, senão também já tinha ido pôr as bochechas de molho ao Castelo do Queijo! Portanto não venhas para aqui com essas tretas, porque para esse peditório já demos! Nem no S. João! Ouviste ó Andrade Corrupto? – dizia ela com firmeza. E continuou:
- “Coltura”…! Deu-te para boa, ó analfabeto! Tu, que andavas no “ringue” a segurar na toalha, na esponja e no balde onde o “Trelles do boxe” cuspia, que mijavas atrás das bilheteiras do teu estádio a abarrotar de corruptos e que escarravas do “tribunal” cá para baixo, a dar uma de “coltura”! Só visto! Só se for de “cebollas”, carago! Também é verdade. Segundo dizem as tuas “amigas”, há muito tempo que não sabes dar outras, a não ser estas de “coltura”, e mal!
Mas Andrade Corrupto, com a sua verborreia, não se calava e para ganhar a concordância de Júlia, disse-lhe em tom apaziguador:
- Mas olha, se não gostas dessa música, a Filòzinha, preparou um programa muito popular, com Zés Pereiras e uns “gaitas-de-foles”, para fazerem umas “arruadas” à FCBatota, e parece-me que vão passar bem pertinho da tua porta…
Aqui, Júlia já não gostou nada da brincadeira e enfastiada com a conversa, atirou-lhe em jeito de pergunta:
- FCBatota? Bombos e gaitas à minha porta?
A conversa continuou a azedar, e Andrade Corrupto, rufia malandro e provocador, roído de invejas antigas, lembrando pecados velhos, ainda exclamou:
- Então ó Júlia, francamente, tu que sempre gostaste tanto de “bombadas”. Segundo as “boas” línguas, a “bombar” é que te sentias bem…
- Que descaramento é esse, hã? – questionou-o Júlia já ofendida. – Grande ordinário! Falas assim porque nunca cá tocaste, nem tocarás! Bem te esfalfaste, desalmado! Até te babavas todo e grunhias que nem um porco quando vias dois dedos do meu decote ou um palmo das minhas coxas. Mas miseráveis como tu só merecem ser besuntados com a enxúndia das tuas “amigas” andrades arruaceiras, essas que querem ser putas em vez de adeptas de outros clubes!
- Olha lá, e põe-te fino com a conversa, ó Corrupto, porque isso de “bombadas” e “gaitas-de-foles” é só comigo e com o meu Sidoninho, quando fecho a “venda” e vou com ele para a cama, percebeste?
E Júlia continuou:
- “Bombadas”…! Olha que esta é boa! Querem ver que ainda vem o teu “Giorgiozinho”, “à pai Adão” fazer alguma demonstração contigo? Está bem servido está! Se a outra lhe descobre mais a careca, ainda tem que ir fazer mais uns “implantes” à Póvoa! Vocês não têm mesmo emenda nenhuma! Continuam os pacóvios do costume! Querem branquear a porcaria que fizeram durante anos e anos a fio mas a nódoa nunca sairá!
E apontando para Sidónio, finalizou:
- Tens ali um exemplo, ó Andrade Corrupto! O teu irmão, o Sidónio Progresso! Despedaçaste-o com as tuas vigarices!
Um longo e perturbante silêncio percorreu a taberna, desde as pipas, lá no fundo térreo, até ao balcão dos “penaltys” e “traçadinhos”.
Todos baixaram as cabeças em sinal de respeito por Júlia e Sidónio. Outros, mesmo, debruçando-se um pouco para a frente, em sinal afirmativo, expressavam gestualmente a sua concordância com aquela que sem dúvida merecia a admiração de todos, não obstante as ironias do destino.

A taberna estava quase a fechar, os ânimos tinham quase serenado e nisto surgiu mais uma rusga.
Identificações pedidas, e Andrade Corrupto de mãos a abanar.
Foi engavetado, não sem que um dos polícias, o Abel, lhe tivesse piscado logo o olho.
Júlia ficou mirando o “filme” e rematou para consigo:
- Pena que só seja por meia hora, ou quem sabe, por toda esta noite, mas que foste na “ramona”, ai isso foste, e ninguém te valeu! Mas aqui, para alguns, os impunes da “corja” como tu, Andrade Corrupto, o “crime” sempre compensou, infelizmente!
Em surdina, deu um grande viva ao Salgueiros, pegou no galhardete do Progresso, deu dois beijos ao Sidoninho, fechou as portas do tasco e pôs-se a andar que já era tarde!
Ao longe, na bruma e na escuridão daquela noite cerrada, junto ao rio, um vulto ainda exclamou:
Ah, grande tripeira! Ah, grande mulher!
Amanhã era outro dia!

GRÃO VASCO

quarta-feira, outubro 29

SER BENFIQUISTA

Ser Benfiquista é ter na Alma a Chama Imensa, mas também saber sofrer, rir e chorar ao mesmo tempo, ser solidário, celebrar, sendo parte integrante dum Corpo Único.
Inquietude, Ansiedade, Fé e Esperanças constantemente renovadas e MUITO AMOR.
Ser Benfiquista é uma arte, um dom, uma inspiração, um talento natural.
Mas, Ser Benfiquista imparcial é uma ilusão.
Ser benfiquista nao é tarefa fácil.
A arte de Ser Benfiquista exige "raça", querer e coraçao, mas exige sobretudo raciocínio lógico, disciplina mental, domínio pleno de algumas regras essenciais e dedicação numa base de prática diária.
E tempo. Sim, tempo.
Ser Benfiquista dá trabalho.
Muito.
E quem disser o contrário, mente. Ou não é um verdadeiro Benfiquista!
Ser Benfiquista é fruto de um grande esforço e a valentia de num País como este, denunciar sem medos e rodeios, o Polvo que asfixia a Justiça.
Ser Benfiquista não é apenas ser correcto, é nao dar crédito ao veneno diário e em doses indistruais, fornecido pelos ditos orgaos de comunicaçao social.
Ser Benfiquista é como ser um Artista que manuseia as palavras e as ideias com a mesma destreza que um pintor manuseia as cores e as suas infinitas combinações.
Ser Benfiquista é transmitir de forma simples ideias consistentes.
É elaborar para simplificar. É depurar o "reescrever" infrutífero da História, feita pela Máfia e seus cachorrinhos amestrados.
É construir sem pena de destruir tudo outra vez, e voltar a construir.
É um acto possesso. Uma obsessão. É arrebatamento e paixão.
É querer abarcar os 14 milhoes num abraço.
É ilustrar, criar sabores, exalar aromas e transmitir imagens ao pronunciar o nome Benfica.
É ser-se original. É nunca contornar as regras, como se estas fossem celas imaginárias e, sem as desrespeitar, ir mais longe, alcançar o infinito.
É saber descrever o ordinário de um modo extraordinário.
É gerar empatia e saber traduzir os sentimentos no dia-a-dia.
Nao é necessário ter uma grande bagagem cultural, não é necessitar de se afirmar como intelectual.
É ver o mundo de dentro para fora e depois de fora para dentro para melhor distanciamento, dos "outros" .
E, é nessa lida diária de registo, na paixão que toma e possui quem ama o Benfica, nesse voo livre, em viagem mental liberta e desprendida, onde os sentidos coexistem com as vivências e as apetências que os verdadeiros Benfiquistas, de Alma e Coraçao se transcendem e se revelam.
Eu...Sou Benfiquista e quem, no mínimo, nao fôr como eu, nao se pode vangloriar de SER BENFIQUISTA.
Ou nao?

terça-feira, outubro 28

"Dragays" ... sem pólvora?


Os que conhecem o meu Benfiquismo, sabem que, repetidamente, apelo para a Nossa Superioridade Moral!

Tem havido “irmãos” nossos que, “de olhos lassos”, me dizem para eu mandar isso às malvas, alegando tudo o que essa nossa superioridade não conseguiu evitar na vida do Glorioso, no futebol e em todo o Desporto nacional, nestas últimas décadas.

Será que a razão está com eles? Estou convicto de que ... Não!

Não é discutível o papel determinante que, há mais de um século, o Benfica desempenha na Portugalidade: a História Gloriosa e Ímpar que herdamos, não é nossa ... está nas nossas mãos a título de “empréstimo” concedido pelos Benfiquistas vindouros, os nossos Irmãos mais novos, os nossos Filhos, os nossos Netos ...

Por mais altos que sejam e são, são Únicos, os mais altos momentos desse Património, por mais duros que sejam e são, são Tremendos, os mais difíceis momentos da nossa História, há, entre eles e desde a Origem do Clube, um vector comum e sempre, sempre presente: o facto de o Sport Lisboa e Benfica ser, acima de tudo o mais, uma Comunidade de Valores Lusófonos.

Da Monarquia à actual República, de Lisboa a Timor, pelo Ocidente e pelo Oriente, dos primeiros motores a combustão à actual “blogoesfera”, da emigração à imigração, o Benfica é um fenómeno plurigeracional que une toda a Portugalidade multicultural, pluricontinental e eclética, em torno dos Valores essenciais do Desporto, no seu mais genuíno sentido popular.

A Universalidade contra qualquer segregacionismo, seja ele racial, sexual, regionalista ou, até, nacionalista. A Honra e o “Fair Play” contra todas as nojentas formas da mentira (elas são tantas e cada uma mais nojenta que a outra). O Respeito Democrático e Tolerante, contra as tiranias, grandes ou pequenas e a prepotência dos que preferem a razão da força à Força da Razão. A Fraterna Solidariedade dos que, comungando, Servem o Clube com o seu Apoio para que ele seja sempre Melhor e Maior, contra o sectarismo dos que, ignorantes e frustrados se pretendem servir das vitórias do seu clube, como do ar que respiram para manter as suas existências inúteis.

E toda esta nossa Superioridade Moral, a propósito de quê? Exactamente para me referir a mais uma “cena” dos Dragays, aos quais não chegou o verdadeiro “boca a boca” que receberam do Boi de amarelo e, especialmente, do seu Bezerro assistente – esse descarado manipulador da Verdade e das Leis do jogo, e, numa típica (por cobarde) apneia, decidiram ir marrar com alguns dos seus atletas e com os carros que eles conduzem e foram pagos com dinheiros públicos (dos nossos impostos, da Câmara da Invicta, da de Gaia e, até, do Metro do Porto).

Cobardia, puxa cobardia (da História não reza a existência de nenhum renegado corajoso, como bem vimos naquele “troca pés” ao nosso Capitão) e por entre apelos ao “respeito”, como se esse conceito tivesse lugar naquele “nojão”, vai de dar espectáculo de “cão que ladra” para uma Menina que não tem culpa nem de existir e sob os olhares de Agentes da Polícia que, pagos (por nós) para actuarem contra os criminosos, de tão bem que os conhecem ... não identificaram nem um!

A apneia da corja de invejosos (não se preocupem que os 4, no máximo, neurónios que agonizam naquelas tolinhas, passam bem sem oxigénio), logo tinha de bolsar, em especial, para as bandas do especialmente renegado, “chico esperto” que nem uma porta empenada, símbolo deles todos que ali pastavam e cujos “valores” vão ao ponto de se armar em “galifas” com a sua bébé dentro do carro (não estariam à espera que ele patenteasse nem um qualquer instinto paternal, ou estavam?) e porquê? Ora porque esta gentalha que nem a inculta chega, quanto mais a uma elementar cidadania e por mais acéfala que o fosse, vomita a lama de que é feita, prioritáriamente para o dono do focinho que lhes foi ordenado, pelo D. Cor(no)leone e em 4 minutos, que colocassem à cabeceira dos pardieiros onde dormem.

Mas ... onde é que está a surpresa, perguntar-me-ão os Benfiquistas? Na falta de “pólvora”, irmãos!

Fossem outros os tempos e os Agentes da Polícia teriam de haver-se com uma guerra de bombas e balas como as que ainda enfrentam à porta das alternadeiras locais, mas ... nem nada!

A “corajosa” matilha e o renegado já se ficam por um vocabulário com pronúncia (do norte e do uruguai, respectivamente), por umas “fintas” daquelas da famelga do “agarra-me que eu caio” e umas pedradas à “la neenderthal”, tudo isto a uma distância ... bem segura.

Falta-lhes a “coragem” da pólvora, que o financiamento, ajustado pela catastrófica gestão do D. Cor(no)leone e seus apaniguados, está disperso pelos vários pastos dos Bois, da manada de comentadeiras e jornaleiros e pelas “custas”, formais ou não, dos Tribunais.

Andam à míngua os Dragays, os Bobis e os Tarecos. Já nem assobiam como deve ser!

Nunca valeram nem nada nem para coisa nenhuma, mas ... demonstraram que ainda lá estão. Já não vivem, mas sobrevivem à espera do “alimento” que lhes permita, com pólvora branca e negra, fazerem o ruído que o Pinto da Bosta lhes encomendar.

Isso mesmo o demonstrou, qual hiena, o subhumano que, aqui há 2 dias, transpirava ódios à idade do Enorme Viriato, talvez por saber que, sem memória nem onde a guardar, quando chegar a essa idade só conseguirá recordar as bolotas que tinha, há 4 minutos, na manjedoura.

Tal como as hienas (mas de que raio se ririam elas? Só se fosse do seu “bom ar”, ahahah), digo-vos eu, quando privadas de pólvora, recuam perante qualquer oponente mais alto: já viram estes meus olhos, infantes africanos de menos de metro a afugentá-las só por meterem os bracitos para o ar, ou colocarem ao alto, um qualquer ramo ou folha mais larga.

Benfiquistas que somos, nunca nos seria possível combatê-los na sua dimensão subterrânea!

Ou seja e regressando ao princípio, é a Nossa Superioridade Moral que os atemoriza, são os nossos Valores, que eles nem entendem, que os farão, hienas infectas e humanóides incultos, regressar às tocas e às grutas pútridas onde foram arrebanhados pelo indigente papal.

Só na inteligência da nossa Crítica, na Alegria da Chama Imensa, no Orgulho Glorioso e Benfiquista que advém de Mais e Maior Benfiquismo e no Canto aos Nossos Valores Eternos, provaremos ter o Mérito de entregar aos vindouros a História do Benfica.

Para merecermos os nossos Heróis – os Àguas, os Colunas, os Eusébios, os Chalanas, todos eles e o Maestro, para continuarmos a ver (serão os dedos do Rui e do Quique?) os Atletas a estender a mão aos adversários derrubados (os que forem leais), temos de manter sempre presente a nossa Superioridade Moral quando dizemos ...

Viva o Benfica!

Milhões recebidos pelos 3 Grandes


Atendendo aos posts "Mundial 2018: Mais 310M€ para o Dragão?" e "Venda de Jogadores nos 3 Grandes" podemos chegar aos valor global dos apoios e valores extraordinários recebidos pelos 3 grandes desde 2004:

Apoios para os Estádios (a preços correntes) + Venda de Jogadores
Porto – 310M€ + 275M€ = 585M€
Benfica – 95M€ + 95M€ = 180M€
Sporting – 90M€ + 75M€ = 150M€

Custo dos Estádios e Centros de Estágios (a preços de 2004 e a preços correntes)
Porto – 123M€ + 0€ = 123M€ = 136M€
Benfica – 162M€ + 15M€ = 177M€ = 195M€
Sporting – 128M€ + 17,5M€ = 145,5M€ = 161M€


Atendendo aos valores é fácil constatar que nas últimas 5 épocas o F. C. Porto recebeu encaixes e apoios astronómicos de 585 Milhões de euros, algo sem precedentes na história do futebol mundial!!!!!

O Chelsea nesse período recebeu 800 Milhões de euros dos bolsos de Abramovich, mas nesse caso tratou-se de empréstimos sem cobrança de juros, já que o valor consta do passivo do clube inglês, ao contrário do F. C. Porto, que se tratou de receitas e apoios ao investimento.

Já os encaixes com a venda de jogadores e apoios obtidos pelo Benfica e Sporting, nem chegam para pagar os investimentos nos Estádios e Centros de Estágios dos respectivos clubes. Felizmente, a direcção do F. C. Porto estourou todo o dinheiro e já se nota que os 3 clubes voltaram a competir com armas iguais.

Os apoios ao investimento do Estádio do Dragão (310M€) ou o dinheiro das vendas de jogadores azuis (275M€) podiam pagar todo o Passivo exigível do Grupo Empresarial do Benfica (banca + fornecedores, etc. = 210M€) ou todo o passivo bancário do Grupo Empresarial do Sporting (230M€ a 270M€).

Mas quando os adeptos do Benfica e Sporting criticam as suas respectivas direcções é bom que tenham consciência destes valores (585 Milhões de euros injectados no F. C. Porto em 5 anos!!!!). As tarefas de Luís Filipe Vieira e de Dias da Cunha foram dificílimas, tendo ambos de competir com valores bastante elevados, ainda para mais quando em 2004 as SAD´s dos 3 grandes facturavam por época cerca de 40M€ a 50M€ em receitas operacionais.

Os presidentes Luís Filipe Vieira e Dias da Cunha lutaram pela verdade desportiva, começaram a ser incómodos para o sistema, e os adeptos do Benfica a determinada altura tentaram boicotar o Presidente do Benfica, tal como os adeptos do Sporting tinham feito a Dias da Cunha, sem se aperceberem de toda a realidade. Nesta equação não entra Soares Franco já que se trata de um novo “Vale e Azevedo sportinguista”.

Relativamente aos adeptos benfiquistas, sempre que alguém tentar comparar a obra de Luís Filipe Vieira com outros presidentes do passado, é bom que também comparem a situação de Porto e Sporting nessas épocas, e verifiquem se esses clubes adversários, ou qualquer outro clube a nível mundial, alguma vez teve encaixes extraordinários de 585 Milhões de euros!!!!

Estes factos irrefutáveis só dão ainda mais valor à "obra" da actual direcção do Benfica, que conseguiu que o Sport Lisboa e Benfica, num cenário bastante adverso, chegasse ao Top 20 de clubes com mais receitas operacionais do Mundo e se tornasse no Maior Clube do Mundo em número de sócios.


NOTA 1:
Os valores dos apoios ao Estádios da Luz e de Alvalade também constam da Auditoria do Tribunal de Contas.
NOTA 2: A actualização dos investimentos Imobilizados (Estádios e Centros de Estágios) foi efectuada com base nas taxas anuais de inflação.

UMA HISTÓRIA DE AMOR...À PRIMEIRA VISTA

Em primeiro lugar, o meu voto sincero para que a "nossa" querida Sónia, vença esta batalha. Vai vencer tenho a caerteza absoluta.
Depois lanço uma vista de olhos sobre o "panorama" da dita imprensa, e mais dita imparcial, e está a acontecer precisamente o que eu tinha dito.
Estao a dar a tal volta de 180º, nos seus vómitos.
Até parece que sou bruxo.
Esperam ansiosamente por uma derrota um mau resultado um percalço na vida do Benfica.
Entretanto vou assistindo, deliciado, a episódios mais que muitos.
É o reinaldo reles com um enfarte provocado se calhar pelos quinhentinhos, dívidas aos Casinos, bares de alterne a fechar, o filho da dopa a chorar baba e ranho que nao tem equipa, a sandrinha lucas mires no ricord "meiguinha" que nem veludo, o cebola a grande contrataçao só nao enfardou porque deixou que batessem no carro (quem tem cú tem medo).
Fora a infinidade de processos judiciais dos quais se vao safando, usando os alçapoes da Lei.
Os ranhosos submissos, vao de crise em crise, mesmo com os seis pontos na champions, cada jogador é um caso, o seguinte pior que o anterior.
E a falta de militância.
Deixa-me rir.
Tentam misturar tudo no mesmo saco, nao entendem, nem podem entender o que é o Benfica.
O Benfica nasceu de uma história de amor, e consolidou-se nao propriamente nos campos de futebol, mas no Amor e Carinho dos seus adeptos.
Desde os primeiros instantes do seu nascimento, o Benfica foi a "personificaçao" da Paixao arrebatodora e da Devoçao incondicional.
Confundindo-se com o Povo que lhe serve de alimento, entra o Benfica na História, porque quer queiram quer nao, é o Povo em qualquer parte do Mundo que faz a História.
Por isso o Benfica sempre produziu episódios constantes do maior assombro de amor ao Clube, e continuará a produzir.
Contrariamente aos outros, o Benfiquista, nao espera que as elites resolvam os problemas dos seus clubes, normalmente recorrendo aos poderes públicos, ao dinheiro de todos nós.
Procura resolver com as suas próprias forças o problema do Clube do Coraçao, que ao fim e ao cabo sao os seus próprios problemas.
Quer queiram ou nao, a vida do Benfica é paralela à do Povo: à de qualquer Povo.
Luta constante contra as adversidades, luta constante contra os grandes senhores, e a sua teia de interesses instalados.
Por isso, a presença do Benfica na Diáspora, .
É que o Português emigra, levando consigo a vida dura e difícil porque passou e por isso mesmo leva consigo o único lugar onde a sua vida teve sentido, onde foi verdadeiramente feliz: o Benfica.

segunda-feira, outubro 27

A POUCA VERGONHA AZUL,DESDE HA MUITO...

O Logro ANDRADE vem de há MUITO tempo atràs

Fiéis do ANTITRIPA,INDEFECTÍVEIS DO SPORT LISBOA E BENFICA,
Vejam bem do que já fomos espoliados até hoje.
Das mentiras e dos mitos que foram criados por esta gente mesquinha,invejosa,reles,baixa e de péssima índole,que são os andrades!
A Admnistração do SPORT LISBOA E BENFICA agiu bem,ao ter tornado do conhecimento da Nação Vermelha estas "Verdades Deturpadas".
Há anos que estes esclarecimentos constam no site oficial do ENORME.

http://www.slbenfica.pt/incslb/pdf/verdadesdeturpadas.pdf

Esses BOIS até da 2ª Divisão já se safaram por 2 vezes!!
Ou melhor,3!!Porque este ano,eles também deveriam ter ido prà 2ª,NÃO NOS ESQUEÇAMOS!!Surgiu foi aquela habilidadezinha de os acusar como tendo feito apenas uma "tentativa de corrupção"!!!Os "bessas" foram para baixo porque foram considerados "corruptores consumados"...
E aquela de a CATEDRAL não receber um jogo da Selecção Nacional durante 0s seus primeiros 17 anos de existência??!! Curiosamente durante grande parte do Nosso "perìodo de Ouro" (1954/1971)...
E grunhe o BOI/MOR,de que o BENFICA era o clube do regime??

PUTA QUE O PARIU!!!

Chegou/se ao ponto de marcar um jogo duma meia final de Taça de Portugal para 30 e tal horas depois duma Final de Taça dos Campeões Europeus (Berna/1961)!!!
SEMPRE NOS TENTARAM DEITAR ABAIXO,OS INVEJOSOS DE MERDA..
Mas o Brio e o Orgulho de Ser Benfiquista a tudo resistiu!
E VENCEU!!

VERGUEM/SE OUTRA VEZ CÃES!!!A vossa hora ESTÁ A CHEGAR.
Até já se atiram às cebolas e tudo...
Agora,no presente,estamos à frente deles...E É ASSIM QUE VAMOS CONTINUAR!
45714 Benfiquistas No TEMPLO..num jogo contra a Naval!!
A Nossa Equipa Cresce,A Nação Vermelha Comparece,pouco a pouco,vamos apoiando cada vez Mais!!

E PLURIBUS UNUM

Um Abraço a Todos Os Benfiquistas Autênticos

AJUDEM!!!!

Caros amigos,

É nestes momentos que sentimos que o Futebol não passa de uma brincadeira.

Peço-vos a todos que leiam o seguinte texto do nosso amigo Jotas (do blog Desporto e Lazer Online)

"Porque o futebol é algo de muito pequeno na vida, porque há coisas muito mais importantes, A VIDA por exemplo, vou falar-vos de um caso de vida e solicitar que passem a palavra e a vossa colaboração.
Chama-se Sónia Raquel, tem 12 anos, é sobrinha de um grande amigo e precisa da nossa ajuda, está hospitalizada no Hospital de São João do Porto e sofre de APLASIA MEDULAR, uma doença grave que requer um transplante de medula, por isso vai decorrer no dia 29 de OUTUBRO, uma recolha de Sangue, no RESTAURANTE A QUINTA, junto à Estação de Oeiras, entre as 10H00 e as 16H00.
Por favor, colaborem, esta menina depende de nós."

Se puderem, por favor ajudem.

Em nome da equipa d' "O Antitripa" quero deixar os desejos que a Sónia Raquel encontre um dador rapidamente e que todo a recuperação total e rápida.

Um abraço ao Jotas e aos familiares da Sónia,

V.

P.S.: Aqui vai um pequeno texto do nosso camarada Pedro Neto sobre o processo de doação de medula. Importante para que os nossos leitores percebam que ajuda à Sónia (e a outras pessoas com a mesma doença) pode ser feita de forma indolor e rápida:

"Aproveito para dizer que o processo de se tornar dador de medula é muito simples, é apenas uma colheita de sangue muito pequena. Depois vai-se para uma lista de dadores, com o tipo de sangue e ADN e se formos compatíveis o processo de recolha de medula não é a cirurgia dolorosa que era antigamente. Apenas se dá uma substância que estimula o crescimento da medula e depois faz-se a recolha com uma seringa no braço, como se fosse para análises. É rápido e indolor e todos nós deveríamos de estar nessa lista, pois assim as probabilidades de haver alguém compatível aumentava."

VIVA O BENFICA

O Benfica é um Clube que todos os dias está de parabéns.
Mas ontem teve vários motivos acrescidos.
Mas e desculpem-me a heresia, o mais importante nao foi a vitória no jogo.
Para mim o mais importante, foi constatar que o Benfica está pletórico de força, pujante de determinaçao em fazer esquecer tempos infelizmente bem recentes.
É certo que tivemos um adversário difícil, como o deveriam ser todos, e em todos os campos, tivemos um árbitro difícil (por corrupto), como nao deveria ser nenhum, em nenhum estádio.
Para mim o mais importante de ontem, foi ver o crescimento deste Meu Benfica, com uma pujança que faz tremer de emoçao os seus Adeptos e faz tremer de medo os seus inimigos.
Quando páro, para me regojigar de ser Benfiquista, parece-me que sou o Rei do Mundo, parece-me voar nas asas da Águia, e atingir a morada dos Deuses Imortais, pois tal como eles o Meu Benfica é Eterno.
E uma lágrima mais teimosa vem bailar nos olhos, perfumada pela saudade dos que já partiram e me fizeram Benfiquista.
E com o Orgulho de ter recebido um tesouro inestimável, e ter espalhado e passado esse testemunho a geraçoes mais novas: Ser Benfiquista.
Quero, naturalmente, ganhar todos os títulos nas competiçoes em que o Benfica entra. Tenho este sentimento egoísta.
Mas ser egoísta nao é ser Benfiquista. Ser Benfiquista é partilhar. Ser Benfiquista é participar da comunhao de sentimentos desta imensa e generosa Família.
É que Ser benfiquista, leva-nos a evocar os Lusíadas, no seu episódio do Gigante Adamastor, é ao mesmo tempo épico, lírico e dramático
- Épico, porque desde que nasceu, o Glorioso, é a história da gesta heróica, dum Clube que representa os anseios dum Povo, que se revê naquele Símbolo Sagrado, e que contra ventos e marés, construiu a "Velhinha Catedral", gente pobre que esqueceu as suas necessidades, para ir depositar o seu óbulo, fosse em cimento e azulejos, fosse em parcos "tostoes", fosse em generosa oferta de horas de trabalho.
- Lírico, porque Ser Benfiquista, é um poema de amor, recitado dia a dia tendo como fundo o Ser Benfiquista, hino electrizante, na voz saudosa e insuperável de Luís Piçarra.
- Dramático, porque toda a nossa vida é uma luta e superaçao constantes, um erguer de cabeça sempre que os resultados nem sempre correspondem aos nossos anseios.
Para terminar esta já longa prosa, recorri aos Arquivos, e aqui deixo esta pequena prosa sem comentários:
Três dias depois(da inauguraçao da velhinha Catedral), na Assembleia Nacional, o presidente do F. C. Porto, eleito deputado nas listas da U.N. (Uniao Nacional-partido único de Salazar), elogiou a obra do Benfica como «padrão a atestar às gerações vindouras dos seus associados a fé, a energia, a vontade de quem tão devotadamente soube lutar e soube vencer». E, bem ao exemplo de então, Urgel Horta rematou: «Daqui, do alto da minha tribuna de deputado, velho praticante e dirigente, saúdo o Benfica, apontando-o como exemplo que deve ser imitado e seguido, a bem da Nação.»
Pois.

domingo, outubro 26

muahmuahmuah

Neste fim de semana, depois de ver um frutoso apitador tentar em vão pontuar....outro em vão desvirtuar...e outros que pontuam desvirtuando, acho que é lícito ver e degustar as imagens (roubadas sem escrupulos ao amigalhaço slb do tertulia benfiquista) que se seguem...




Benfica 4ever!
4,4,4,4, cá está,!
O tal número 4, o tal....não é por acaso que estão no 4º Lugar....Isto é....se o estrela não for ganhar a braga....

A PALHAÇADA DE JOSÉ MOTA

Após mais uma derrocada vergonhosa da “corja”, muito de acordo com a crise na sua fruticultura e nos seus artefactos leiteiros e chocolateiros, que camuflavam os célebres envelopes euromilionários, esperei pelas declarações dos intervenientes, no fim da partida, com alguma curiosidade, especialmente as do treinador do clube do Mar.

Quando passados alguns minutos vi e ouvi as palavras dum pateta na Rádio, de início, pensei que quem prestava declarações era o treinador- adjunto do FCBatota, um Gomes, tal a subserviência e identificação do discurso que o dito cujo demonstrava em relação à corja!
Afinal estava equivocado. Era mesmo o treinador dos do Mar. Um discurso ridículo, medroso e merdoso, subserviente, raquítico, de um engasgado que mais parecia um “engajado”! E mais estarrecido e indignado fiquei quando entre as muitas patetices ditas, debitou estas pérolas que se seguem:
- “O primeiro golo foi de sorte, o segundo fora de tempo e o terceiro um remate feliz!”.
Quanto ao escandaloso “penalty” e à barbaridade do golo anulado à sua equipa, o Mota passou por eles como “cão por vinha vindimada”. Inclusivamente houve outras tantas “jogadas” incríveis contra a sua equipa e “não se passou nada”!
Nem uma referência ao maior escândalo dos tempos mais recentes - a actuação do árbitro!
Foi o cúmulo!

Será que José Mota, quando fez estas declarações no “flash interview” e na “conferência de imprensa após o jogo” tinha alguma arma apontada às costas? Sim, porque à cabeça não tinha!
Ou será que mais uma vez demonstrou a sua patetice cobardola de vir lamber o cu à “corja”, só sendo acintoso e ordinário quando defronta o Benfica?

FORAM UMA AUTÊNTICA PALHAÇADA AS DECLARAÇÕES DESTE TRISTE!

O SLBenfica e os Benfiquistas em geral, não podem ter, de maneira alguma, nenhum tipo de consideração pelas atitudes reles, premeditadas, tendenciosas, manhosas e branqueadoras, de um José Mota qualquer.
Desejo sinceramente, que a recepção a este fulano no Estádio da Luz, na segunda volta, seja exactamente uma resposta inequívoca e directamente proporcional à bandalheira, medo e cobardia, que fica aqui bem demonstrada e que grassa miseravelmente pelo nosso triste futebol.

O futebol continua a SAQUE com Batistas, Òvigários, Costas e quejandos!
E continua uma bandalheira com os pobres Motas de um país à deriva!


GRÃO VASCO

Por que é que isto não é penalti?

Por que é que isto não é penalti...




... e o do monstro verde é?

Dragay em estado de sítio!


Não somos nós que dizemos.... são os "amigos" do MACACO:

"Administradores COMISSIONISTAS, treinadores SEM CARISMA,
equipa SEM MÍSTICA, tem de parar ou JAMAIS IREMOS GANHAR"

PAULO BATISTA "À DESCARADA"

PORKOS, 1 - L(E)IXÕ-OS, 4

O Apito Dourado funcionou hoje como ainda não tinha acontecido nesta época!
A Mafia já tinha alertado que o Apito Dourado não condicionaria a arbitragem. Foi exactamente o que se viu hoje! Um autêntico escandalo, à descarada!
Mas por vezes o Destino é cruel e a escrita aparece direita em linhas tortas. Foi o que aconteceu.
Nem a vergonhosa pressão habitual da "corja" corrupta e não só conseguiu que o resultado pendesse a favor dela.
HOJE FOI "À DESCARADA"!!!
Será que aquele "fulano" que andou de apito na boca é realmente árbitro de futebol?
Será que aquele "fulano" consegue gozar com todos os espectadores que estão a ver o jogo, mesmo com aqueles milhares de basbaques equipados de azul e branco, postados nas bancadas a vê-lo ao vivo, inclusivé o Rui Reininho?
Será que o fiscal-de-linha tem o descaramento de enganar pela segunda vez os mesmos basbaques, inclusivé o Rui Reininho?
Não se esqueçam Companheiros Benfiquistas que Todos Nós temos umas contas a ajustar com determinados idiotas de um bando que não tem feito outra coisa senão achincalhar o Benfica e os Benfiquistas.
Esta "besta" a quem hoje dedico este "filme" e que bem o pode esfregar as suas horríveis fuças, é o imbecil que após o seu clube ser campeão Nos dedicou estas "amáveis" palavras:
“Foi um golo por cada milhão de idiotas que há neste País”. Como foram 6 golos dá 6 milhões."

É NA REALIDADE COM TODA ESTA TURBA, DESTA MANEIRA, SÓ DESTA MANEIRA, QUE OS ANDRADES CONSEGUEM VENCER COMPETIÇÕES!!!

GRÃO VASCO

sábado, outubro 25

Nem assim!

Um penalti fantasma e um golo limpo mal anulado:




Mais um dia sem o Juju lavar os dentes.
Já deve ser um cheiro a podre naquela boca...

VERGONHA!


Este fulano é um VIGARISTA! VI-GA-RIS-TA!
Foi este criminoso que evitou a chapa 4 de novo.
Foi este vendido que apitou um penalty sobre o homem aranha ou o batman ou lá como se chama aquele jogador obeso que os merdas foram buscar à 2ª divisão japonesa e que não se sutenta em pé devido ao peso.
Foi este o boneco que mostrou amarelo ao Guarda Redes do Leixões por não querer perder tempo? Com a bola longe, foi assistido dentro do camo pelo massagista que estava fora do campo.....assitência esta que consistiu em molhar um dos calcanhares que tinha sido tocado.(Nao foi este o filho da puta que deixou o guarda redes do BandoFiel no jogo da taça perder mais de 5 minutos om merdices?)
Foi este aldrabão que permtiu que um fiscaloso de linha vagabundo anulasse um golo L-I-M-P-O aos do Mar?
Foi este o palhaço que negou assistencia ao Vasco Fernandes que ficou caído e deixou marcar um canto com o jogador (na linha da bola) no chão.
Foi este gajo que desvirtuou mais uma não lavagem tot4l de dentes do merdoso juju.
Arranjaram uma mialgia de...esforço? ao Wesley e esqueceram-se de combinar uma vaginite ao Braga.....que assim os enrabou. Erro de cálculo. Estão a vacilar....
P.S.- Não vás ao Mar JUJU, o Mar tá bravo JUJU.....
Atenção à Petição "Fica JUJU".
....já há contactos om o Jorge Jesus.....
Quizz'ntitripa - Adivinhem lá que equipa vai ficar sem alguns jogadores emprestados por certas equipas e outros gentimente cedidos por certos empresários já em Dezembro e tornar-se-á um sério candidato à descida com arbitragens cada vez mais implacáveis?
Anotem e depois concluam.....

Mais uma vez!!!!




P.S.: Sim... foram 4, que aquele anulado foi LIMPINHO!!!!

SELECÇAO? NAO OBRIGADO

Afinal de contas eu pensava, que dada a boa gestao que ocorre no Benfica, os bandos Metralha e Metralhinha andava mais calmo.
Puro engano.
Está mais dissimulado, isso sim.
Começo pelo "arquivamento" do Merdanacional-Benfica.
Nao me alongo muito sobre esta "causo", até porque de jurisprudência, tenho a formatura que se chama de "senso-comum".
Mas sempre vou dizendo que se fôr verdade que o Juiz disse o que vem nos periódicos, nao tenho a mínima dúvida em o colocar ao nível dos Juízes da La Sharia (arabe الـشَّـرِيعَـة, šarī'a, « la voie »), na medida em que La Sharia é lei divina, completamente "desgarrada" do que se pretende, que é existência de uma lei o mais objectiva possível.
Impante na sua mentalidade salazarenta, o advogado de D.Cor(no)leone ganiu qualquer coisa relativa à Lei dos Morgados. Percebe-se a intençao, mas sinceramente, eu tinha vergonha de referir essa Lei naquele momento.
É que a Carta de Lei de 1863 - a lei dos morgados, definia que os bens passassem indivisos ao filho mais velho.
A habitual ironia sempre esteve ao nível dos vermes que a usaram.
Valha-nos que a superioridade ética da Drª Mª José Morgado, nao lhe permite sequer virar a cabeça a esses relinchos.
O Leixoes foi sempre um clube digno. Desde os tempos dos "bébés de Matosinhos"(contra quem joguei), que aprendi a apreciar um Clube enorme na sua dignidade.
Agora que o Mexilhoes, contratou um reles e vil mercenário, apostado em vomitar contra o Benfica, entrou também na Lotaria do Euromilhoes: os números (das camisolas) saem à sexta-feira.
Nao me admira nada que isto aconteça, admira-me é que a admirável massa associativa do Clube, permita isto.
Gente dura e afável, hospitaleira porque sabe o que é a dura vida do Mar, labutadora e honrada, permite que o Clube entre no esquema dos Douradinhos.
Os melhores nao jogam contra o FC Batoteiro.
Como vao longe os 2-0 na vitória da Taça, contra o FC Batoteiro.
Mas isso é lá com eles.
Por tudo isto, já nem me dou ao trabalho de, de me preocupar com a falta de competitividade do futebol tuga com os da estranja: perdemos com a Dinamarca e empatámos com a Albânia(!!!) em casa.
Mete-se a bomba contra o Benfica, o que acontece duas vezes por temporada.
Contra o FC Batoteiro, vai-se para a bancada.
Para desintoxicar, o campeonato tuga, volta e meia, pára. Por essa Europa fora, os jogadores sao obrigados a manter um ritmo de treinos duro, para que a competiçao resulte honesta e aliciante. Pouco se pára.
Em Portugal ao invés, serve para bem digerir almoços...como o de V.F.Xira, por exemplo.
E depois "choram-se" ladaínhas pela Selecçao.
Para ajudar, o seleccionador, vai para junto de quem abriu garrafas de champagñe, pela derrota da selecçao, na final do Euro.
Veremos agora o número de jogadores que o FC Batoteiro pretende promover subir em flecha nas convocatórias da selecçao.
Para rematar o ramalhete Deco, vem dizer que Liedson, é bem vindo à selecçao.
Boa.
Nao nos faltava mais nada.
Jogadores absolutamente vulgares, pois nunca foram chamados à selecçao do seu País, nem para fazer número nos treinos, assentaram arraiais no país tuga, e nao tardará que sem o seu consentimento, entrem jogadores de nascimento português.
Por mim é igual ao litro.
Agradecia que nenhum jogador do Meu Benfica fosse à selecçao.
É que assim continuavam o plano de treinos do nosso Treinador e evitavam-se viagens cansativas, e possíveis lesoes. Tenho mais o que fazer que preocupar-me com o escrete B.
A SAD Benfiquista, anunciou que teve lucro...e já sao dois anos consecutivos. A Catedral está a pagar-se a si mesma.
Más notícias para o bando dos Metralhas e dos Metralhinhas. Os jornalistas (ops), já nem a mentir se safam. E se querem escrever, têm que reconhecer a magnífica gestao que está em curso no Maior Clube do Mundo: o Glorioso. E isso, Giorgio di Bufa nao deixa.
Pois é: o Benfica nao necessita de recorrer a autarcas corruptos e a dinheiros públicos para seguir em frente.

VAO SER CINCO

CARÍSSIMOS,

O Nosso Santuário,O Nosso TEMPLO,A Nossa CATEDRAL,O GLORIOSO ESTÁDIO DA LUZ vai completar 5 ANOS de existência.
Vai completar os 5 MILHOES DE ESPECTADORES.EM 5 ANOS!!!!!
E OS Nossos Rapazes VAO DAR 5 A Naval e ultrapassar a fasquia dos 5000 GOLOS!!!!!

SE 4 é um algarismo que Nos AGRADA,E DE QUE MANEIRA,nos últimos tempos,o "5" vai deixar-Nos FELIZES no dia de amanhã enos seguintes!!!!!

COMPAREÇAM,COMPANHEIROS!!!!! PARTICIPEM NA FESTA!!!!! APOIEM A Nossa EQUIPA!!!!! FAÇAM DA LUZ UM "INFERNO"!!!!!

LA ESTAREI COMO E ÓBVIO.

Na edição de ontem (nº3365) do Nosso jornal "O Benfica",o Seu Director,José Nuno Martins,dedica o seu espaço editorial a blogosfera BENFIQUISTA e intitula-se:"Vigilantes.Objectivos".Gostei de a ler.
LEIAM-NO VOCÊS TAMBEM,Companheiros!!!

SOU ASSINANTE DO Nosso Jornal.E VOCÊS???


Um ABraço a Todos Os BENFIQUISTAS DE CORAÇÃO,Os Autenticos

GM

sexta-feira, outubro 24

Imaginem quem não vai jogar!

Há coisas que não mudam... nunca!

Se não sabem, ficam a saber: o Leixões tem um rapaz (um tal de Wesley) que se farta de marcar golos. Dizem lá por Matosinhos, que o homem anda inspirado e que ninguém o pára. Em 5 jogos da liga, o rapaz já molhou a sopa por 4 vezes e tem jogado sempre bastante bem.

Claro que os pescadores e as peixeiras esqueceram-se que o próximo jogo é contra os CORRUPTOS ASSUMIDOS... e logo por coincidência apareceu uma mialgia que o "deve" afastar do jogo.

Mais uma daquelas coincidências bem CORRUPTAS!!!



P.S.: Já agora não deixem de passar neste post de Novembro de 2007! Os métodos são sempre os mesmos.

HAJA DEUS

O futebol alemao, sempre se caracterizou, por ter na componente física, o seu principal suporte.
Todos sabemos que o jogador alemao é forte fisicamente, e joga um futebol do tipo computador programado(salvo raras e honrosas excepçoes), e a sua acçao acaba sempre por ser como um rolo compressor.
O Nosso Benfica, ontem, teve uma actuaçao no campo do 4º classificado da Bundesliga, onde os lugares nao estao destinados de antemao como no português, é bom nao esquecer, actuaçao essa em que mostrou que está em crescendo nos aspectos mental, táctico e físico.
Começa a aparecer de forma inequívoca, o bom trabalho de Quique Flores, com base em trabalho científico, e nao espalhando alhos na cabina, como um certo seleccionador português de seu nome Olibeirinha.
E de Paulo Ayesteran(é assim?).
E se nem todos os jogadores do Benfica têm o mesmo capital técnico, seguro é que têm á mesma carga física.
Nao demos liçao mas estivemos à altura dos nossos pergaminhos, e mostrámos aos que nao querem ver, que estamos diferentes...no bom sentido.
É que ainda me está atravessado na garganta o jogo da Taça.
Como é possível irmos ao campo do Hertha, e jogar tu cá tu lá com uma equipa alema que vai em 4º lugar no seu campeonato, e termos levado um banho de bola principalmente no aspecto físico, duma equipa da II Divisao Portuguesa, Futebol que como se sabe, está igual à...Albânia(0-0 lembram-se)?
Mistério...
Quando vencemos o último campeonato, desde a 1ª jornada que ouvíamos a cantilena que estávamos a ser levados ao colo.
Até que Manuel Alegre os calou, quando disse que a Equipa do Benfica, estava a ser levada ao colo por seis milhoes.
Como isso agora nao cola, vem a cantilena que esta Equipa, só está vocacionada para jogos e estádios grandes, tendo dificuldade em jogar contra os pequenos.
(Um àparte para dizer que face à grandeza do Glorioso, todos os outros sao pequenos).
Mas entao, fizeram-se aquisiçoes cirúrgicas, só para jogos "grandes".
Quique manda desprezar jogos com equipas menores?
Que especie de treino ele ministra aos jogadores?
Os chineses dizem que para fazermos uma grande caminhada temos que dar o primeiro passo, e no futebol para ganharmos o campeonato, temos que ganhar a todos, grandes e...pequenos, e para isso temos que jogar para ganhar sem desprezar ninguém em campos grandes e...pequenos.
A intençao é outra:
-ao dizerem que só estamos vocacionados para jogos grandes, tentam lavar o que sucede com os pequenos.
A roubalheira do Olarápio Benquerença, que deixou distribuir pancada no campo do Mexilhoes, arrumaram o Reyes, invalidou-se um golo limpo, nao se marcaram dois penaltis...e estaria aqui até à noite a falar daquela vergonha.
O Bando Fiel, da II Divisao, correu a 200 (ou 300?) à hora durante 120 minutos, nao deixou o Benfica jogar, pressionou sempre, leram bem, SEMPRE, com 4 e 5 jogadores e no fim dos 120 minutos estavam frescos que nem uma alface.
Teria sido do revigorante almoço em V.F. de Xira?
Expliquem lá os sábios da Escritura que segredos sao estes da Natura, como magistralmente escreveu o imortal Camoes.

quinta-feira, outubro 23

Os ares da Madeira são Fxxxdos

quarta-feira, outubro 22

IRMAOS METRALHA

Tal como os personagens da Walt Disney, também por cá temos os célebres Irmaos Metralha.
Embusteiros eméritos, acoitam-se no FCBatoteiro, muito embora tenham ramificaçoes um pouco por toda a parte, com especial incidência na Ribeira.
Peritos nos mais diversos assaltos, desde Bancos a Casinos, passando por Autarquias e Políticos.
Manipuladores de árbitros, traficantes de influências, fornecedores de fruta, a qual é devidamente filmada, quando consumida.
Tentam a todo o custo reescrever a História desde a fundaçao da associaçao criminosa, parece que agora foram fundados em 1893(!!!), até à subtracçao dos anos dos atletas(Ladraozinho).
Nisto de datas sao mestres, escolhem e usam a que melhor jeito lhes dá.
Como se pode ver, os Metralhas de Portugal, sao um saco de virtudes.
E tal como na Walt Disney, os Metralhas, vivem obcecados pelo Tio Patinhas e o seu dinheiro, e tentando sempre prejudicá-lo, mesmo tentando levá-lo à falência.
Como o bando dos Metralhas de Portugal: o Benfica é a sua obcessao, que atinge foros de doença.
Acordam a pensar no Benfica, vivem a pensar no Benfica, adormecem a pensar no Benfica.
Sonham com o Benfica, mas este ano, dado o execelente qualidade do Plantel, serao mais pesadelos que sonhos.
Por falar em pesadelos...temos o Metralha Cebola, que neste momento é o pesadelo da Tesouraria dos Metralhas, do Balneário dos Metralhas enfim dos Metralhas Andrades.
Em grande Metralha Cebola, continua assim, serás eleito o jogador do ano.
Já agora...
E a raiva acrescida de ver a boa maneira como Direcçao, Director Desportivo,Equipa Técnica, estao a trabalhar...e a jogar limpinho.
E depois temos os Metralhinhas, que alguns apelidam de jornalistas, que se entretêm a fazer umas diabruras nos periódicos e a lançar umas asneiras sempre que abrem a boca, que de tantos vómitos anti Benfica, mais parece uma cloaca.
Mas o que os Metralha nao esperavam, era, que o Benfica, tem uma Massa Associativa, que gosta muito de Futebol, e adora verdadeiramente o seu Clube.
Nao somos do Benfica por oposiçao a qualquer outro clube.
Somos do Benfica porque sim.
Nao vencemos jogos, para mostrar aos outros.
Nao somos primeiros para provocar invejas.
Se nos invejam e nos odeiam, é porque nao conseguem passar dos nossos calcanhares.
Por tudo isto, um Benfiquista, luta pela transparência seja onde fôr.
Seja nos 318 milhoes que TODOS os Portugueses contribuiram para o Cagao, seja para o centro de estágio de Luís Filipe Bezeero emprestadeu ao bando dos Metralhas.
Sem contar com todos os pavilhoes nas cercanias da Palermo do Norte, todos emprestadados.
Por isso nos orgulhamos de que o nosso passivo, se deve a que somos honestos, porque ninguém nos emprestadá nada de nada.
Temos Obra feita e pagamo-la só nós.
E claro nao podia faltar a vóvó Metralha, conhecida na Palermo do Norte por Maria Machadao, gerente de casas de alterne, ponto de encontro onde os Metralhas da Associaçao Portuguesa de Arranjinhos no Futebol - APAF-saem como que por magia, com um envelope vazio com euros dentro, acasalada com Reinaldo Reles, o Metralha bêbado, doente dos Casinos, proibido de entrar em alguns tal o montante das dívidas.
Depois claro, as casas de alterne começam a fechar.
Esperemos , que o "Coronel Cintra", acorde de vêz e os engavete.

terça-feira, outubro 21

Frio....muito frio.....


Благодарю.
PlayStation для принадлежащий ему относящийся к рождению?
......LOL.....

Mundial 2018: Mais 310M€ para o Dragão?


Num ápice o país acordou para a necessidade de se lançar uma candidatura conjunta com Espanha para a Organização do Mundial 2018. Mas será que alguém deu atenção à Auditoria do Tribunal de Contas e ao Relatório da Inspecção-geral de Finanças ao Euro 2004?


Auditoria do Tribunal de Contas

O Tribunal de Contas na sua Auditoria calcula os seguintes benefícios estatais e municipais directos e indirectos ao Futebol Clube do Porto:

Relatório do Tribunal de Contas (Link 1; Link 2)


Segundo o Tribunal de Contas, o Estádio do Dragão recebeu 137,6 Milhões de euros de apoios directos e 88,4 Milhões de euros de apoios indirectos, o que prefaz um total de 226 Milhões de euros!!

Acontece que, segundo a Análise da Inspecção-Geral de Finanças, os 88,4 Milhões de euros de apoios indirectos estavam sub-avaliados.


Inspecção-Geral de Finanças

Finanças dizem que Câmara favoreceu FCP em 55 milhões (JN 2004-10-09)

A execução do Plano de Pormenor das Antas terá causado um "rombo" equivalente a cerca de 87 milhões de euros no património da Câmara Municipal do Porto. É uma das conclusões que se pode retirar da leitura do relatório final da Inspecção-Geral de Finanças (IGF), em que se destacam os 55 milhões de euros atribuídos pela autarquia, de forma "ilegal", ao Futebol Clube do Porto (FCP). O inspector-geral remeteu o relatório para o Ministério Público, justificando a decisão com os "indícios de favorecimento" ao clube. Segundo o actual presidente, Rui Rio, o processo já originou uma investigação. (…)

Como se pode ler nas páginas do relatório, a que o JN teve acesso, a cedência de parcelas e da respectiva capacidade de construção ao clube foi avaliada, na altura, pela Câmara liderada por Nuno Cardoso, em 27 milhões de euros (tendo em conta um valor de venda de 300 euros por m2). Os auditores acrescentam, no entanto, que os lotes em questão estavam destinados à construção de um centro comercial e um hotel, o que significa que teriam de ser avaliados em 750 euros por m2. Contas feitas, aos 27 milhões que a autarquia admitia estar a dar ao FCP haverá que somar 28,5 milhões de euros. Ou seja, a "prenda" da Câmara vale 55,5 milhões.
” In Jornal de Notícias

Somando os 226 Milhões de euros de apoios directos e indirectos concedidos pelo Estado Central e pela Câmara Municipal do Porto, referidos na Auditoria do Tribunal de Contas, aos 28,5 Milhões de euros de apoios ocultados e ilegais averiguados pelo Relatório da Inspecção Geral de Finanças, que não estavam considerados nos Relatórios oficiais, chegamos ao valor de 254,5 Milhões de euros!!!


Metro do Porto

Por outro lado, o custo inicial do Estádio do Dragão apontava para valores a rondar os 123,3 Milhões de euros, mas no final a obra acabou por custar 98 Milhões de euros ao Futebol Clube do Porto. Para esta diferença entre o valor orçamentado e o valor concluído (descida única no mundo das obras de construção portuguesas) existe quem assegure que tal se deveu ao facto de a Metro do Porto (Empresa de capitais públicos) ter assumido o pagamento das fundações do Estádio do Dragão pelo facto de ter construído nessa altura o Terminal do Dragão, ou seja, neste caso estamos a falar em cerca de 25 Milhões de euros de apoios indirectos, já que a Metro do Porto podia ter feito uma Estação normal na Zona, e além disso trata-se de investimento em Acessibilidades ao Estádio do Dragão.


Somando todos os valores chegamos a um custo astronómico, que os bolsos dos contribuintes tiveram de assumir por causa do Estádio do Dragão:

Apoios Directos por parte do Estado: 137,6 Milhões de euros
Apoios Indirectos por parte da C. M. Porto: 88,4 Milhões de euros
Apoios Ocultados por parte da C. M. Porto: 28,5 Milhões de euros
Apoios por parte da Metro do Porto: 25 Milhões de euros

Total (a preços de 2004): 279,5 Milhões de euros
Total (a preços correntes): 310 Milhões de euros!!!!



Acreditamos que nem vale a pena falar no Centro de Estágio “oferecido” pela Câmara Municipal de Gaia ao Futebol Clube do Porto, já que se tratam de “peanuts” em relação aos valores envolvidos no Estádio do Dragão.

Mas importa deixar a seguinte pergunta: Será que em 2018 os Portugueses terão de pagar mais 310 Milhões de euros para que o Futebol Clube do Porto consiga ser competitivo face aos outros clubes nacionais?

segunda-feira, outubro 20

BANDO FIEL

Vi, com estes olhos que a Terra há-de comer, a portentosa exibiçao, do clube Bando Fiel.
Quero aqui lembrar que este "clubio", é só, de um dos olibeirinhas.
Adiante.
Quero aqui deixar, a minha opiniao de que o Bando Fiel, tem uma equipa, francamente medíocre, tecnicamente pobre, tacticamente confusa.
Aquilo é mesmo um Bando.
Já lá iremos ao Fiel.
Mas a verdade é que no jogo de ontem, nao deixou jogar o Benfica, e podia até ter ganho o jogo.
Mais assombroso que o Milagre das Rosas, mais esterrecedor que a Multiplicaçao dos Paes no Lago de Teberíades mais espantoso que a transmutaçao da água em vinho nas Bodas de Canaá, é o impressionante gabarito físico do Bando Fiel.
Pressionar com quatro ou cinco jogadores em qualquer parte do campo, defender com nove e atacar com cinco ou seis, durante 120 minutos ó obra.
E da grossa.
E mais brilhante e luzia que a transfiguraçao de Cristo, quando subiu aos céus, ladeado por Moisés e Abraao, e à vista dos seus Discípulos, é a frescura patenteada por todos os jogadores do Bando Fiel no final de 120 minutos de jogo.
Admirável..
Quero aqui lembrar que o actual preparador físico do Benfica, ganhou fama e proveito ao serviço do Liverpool.
E quero aqui lembrar que o Liverpool é figura de prôa do campeonato inglês desde sempre.
E quero aqui lembrar que o campeonato inglês é famoso pela disponibilidade física de todas as equipas, mais que propriamente pela sua capacidade técnica.
Nao levámos um banho de bola, mas levámos um bigode, no aspecto de preparaçao física.
O Bando Fiel, nao joga nada, mas atrapalha muito.
Este longo intróito, para chamar a atençao aos...Benfiquistas.
Já nao basta a verborreia, diária e constante dos "fazedores de opiniao" contra o Benfica, agora ataca-se o Benfica, até em áreas que normalmente nao se atacava.
Quem, em boa verdade, pode acreditar que uma equipa da II Divisao série B, pode fazer um jogo assim?
E vai em segundo lugar.
Pergunto, como será a forma física do 1º classificado dessa série?
Precisava-se de um peao fiel, para lançar o descrédito em Quique, desmoralizar o Clube, desmobilizar os Adeptos.
Mesmo à mao de semear, estava este Bando que mostrou fiel ao sujeitar-se ao papel de marioneta.
Gostava de saber quem forneceu o "suplemento vitamínico" ao Bando Fiel, melhor eu sei quem foi, mas nao posso dizê-lo.
E como nao podia deixar de ser, vieram os primeiros assobios, a que os dois comentadeiros apelaram durante todo o tempo de jogo, dizendo amiúde que os adeptos estavam cheios de paciência a ver o jogo.
É hoje cantam-se ossanas ao Bando Fiel, mas nenhuma referência à fabulosa preparaçao física, duma equipa medíocre, individualmente os jogadores tiveram erros clamorosos no aspecto técnico.
Levado pela fogosidade das vitaminas o lateral, agrediu barbaramente o miúdo M.Vitor. E nem falta foi. É que já tinha um amarelo...
Assim, vai ser difícil. Muito difícil.
Já agora será que a ridÍcula laurentina, nao viu o jogo de ontem?
Viu, mas tal como os sumaríssimos, os controlos anti-doping, sao só para o Benfica.
Nao temos medo deles, estamos a trabalhar bem, nao precisamos de nandrolonas e afins, mas acusarem-nos de dopar Atletas, em documentos assinados pelo António, que por sinal era um computador, está tudo dito àcerca da perseguiçao.
Espero que os Benfiquistas vejam que o verdadeiro mal está nos Laboratórios, nos BMW Z3, na Fruta e Chocolatinhos, nos bois de preto(ontem laranja), etc.,etc.,etc..
Enfim, no Polvo, que está em todo o seu esplendor.