quinta-feira, dezembro 31

Tripa do anús MMIX*

Gloriosos leitores,

Hoje anunciamos o grande vencendor do prémio "TRIPA DO ANÚS MMIX"*.

Como devem imaginar, foi uma escolha muito complicada tal a quantidade e a falta de qualidade do excremento que anda por Contumil, Areosa, Ribeira e arredores.

Mas quando o ano se aproximava do fim, eis que um dos candidatos se destacou de toda a escória corrupta. Sabem quem?

Sim... é ele mesmo... o homem que gritava para o deixarem jogar mesmo sabendo que nada jogava, o sr. 100 milhões de pevides (ou será de azeitonas podres), o senhor dos remates impossíveis (os frontais que acabam na linha lateral)... esse mesmo: o GIVANILDO!!!

Givanildo não é nome de gente, como todos sabem... nem de bicho. Imaginem lá um bicho na selva (ou na savana) chamado Givanildo. Fosse predador ou presa, ia ser achincalhado a vida toda. Até podia ser um Rinoceronte (por acaso o "Tripa do Anús" até é parecido com um) mas até as formigas e os mosquitos se iriam mijar a rir do Rinoceronte GIVANILDO!

Mas o pior de Givanildo, não é nem o nome... é não perceber puto de futebol. Há uns anos atrás, alguêm o convenceu que por marcar 5 golos por jogo, num campeonato onde os adversários eram matraquilhos japoneses de 1,20m e 30 kilos, ele iria ser uma vedeta.

O Rapaz convenceu-se disso e então apareceu o problema. Um animal traumatizado tem problemas em enfrentar a realidade, por isso lá tiveram que o empacotar e vender ao único clube do mundo onde pedreiros, pescadores e adolescentes que batem na avó se mascaram de craques de futebol. E assim foi ele parar ao Clube Assumidamente Corrupto.

Durante alguns meses, os jornalistas conseguiram enganar toda a gente, fazendo crer que tinha chegado o Super-Herói, o salvador dos corruptos, o novo Péle. Até enganaram o próprio Givanildo, que se convenceu que podia jogar à bola, fintar e marcar. Tal foi a psicose, que o rapaz até chegou ao escrete (o verdadeiro e não o luso).

Mas um dia o sonho acabou... num jogo na Catedral, em que Givanildo se perdeu no bolso do calção de David Luiz e só reapareceu numa cena típica de filme de comédia dos anos 50... já no túnel de acesso aos balneários.

Dentro de campo, só num instante se viu GIGI... foi naquele momento mágico em que conseguiu colocar toda a gente a rir quando com um portentoso remate frontal conseguiu atingir um apanha-bolas que estava na linha de meio-campo. Algo nunca visto nem pensado.

Foi um momento humilhante para o atleta, muitos dirão... mas para nós foi o momento em que Givanildo ganhou um cantinho no nosso coração. Porque quem nos faz rir assim, como Givanildo nos fez rir, tem que ter todo o nosso carinho...

Nesse mágico segundo o Hulk, figura brutal e disforme, desapareceu e deu lugar ao CANTINFLAS, personagem surreal que nos faz rir e que com tanta infelicidade que têm vai conquistando a nossa admiração.

Givanildo deixou de ser o Super-Herói (que nunca foi) para assumir de vez a figura de PALHAÇO que sempre deveria ter sido.



Por isso e por todos os momentos de boa disposição que nos proporcionou durante 2009, a equipa d' " O Antitripa" decidiu que CANTINFLAS... upss... desculpem, Givanildo é o "TRIPA DO ANÚS MMIX"*!!!

Pra terminar gostaria de desejar um feliz 2010 para o vencedor CANTINFLAS... upss... desculpem, Givanildo Vieira de Souza e para todos os nossos leitores, em nome de toda a equipa d' "O Antitripa".

Vermelhovzky

*Para as bestas unicelulares que por aqui passam, MMIX é 2009 em numeração romana.

O "crude" da Madalena

“Palermo” vivia dias de grande agitação.
Os “técnicos” responsáveis pelo abastecimento energético ao gueto desdobravam-se numa azáfama sem fim à vista.
As perfurações para se encontrarem novas jazidas sucediam-se a um ritmo alucinante. No calor da noite, ao lusco-fusco ou em plena luz do dia, na Ribeira, em Miracagaya, nas Fontezínhas ou na Sé, por baixo das pontes ou nas caves vinícolas do generoso, em Cagaya, todo o mundo corrupto escarafunchava para encontrar o cobiçado ouro negro. Até no leito do rio e nos esgotos da etar de Contumil.
Giorgio tinha estranhamente afirmado que as reservas se tinham esgotado. Mascambilhas e escândalos financeiros na Torre da Pocilga, negócios ruinosos de autênticos malabaristas, chorudos vencimentos da camarilha administradora, transfegas fumegantes para paraísos fiscais, comissões sobre vendas artificiais, conseguiram, não haja dúvida, cavar um poço sem fundo, um enigmático sorvedouro. Mas petróleo…nada!
No entanto, havia alguém que não estava mìnimamente preocupado com a situação. Era Juju Pepsodent.
- Para quê andarmos a gastar tempo em prospecções, se isto este ano é outra vez “trigo limpo”? Não, não vou precisar de reforçar o meu arsenal – arengava ele, taciturno, de beata ao canto da boca.
- Ora bem! Eh, eh, eh, é assim mesmo ó “mister”!– exclamou Giorgio, entrando de surpresa e de rompante pelo seu gabinete, fazendo tal estrondo que conseguiu abafar estratègicamente um potente balázio de metano das suas corruptas entranhas.
E não se contendo, continuou:
- Ó Juju, fica descansado, pois amanhã, dia 1, já estará pronto o primeiro barril deste novo lote de ano novo, e depois é só seguir viagem para o local mais conveniente. Como sabes, Lordêlo, Leiria, Madeira, ou mesmo a capital, são destinos importantes para esta mercadoria. E também temos de deixar ficar alguns aqui. O “crude” devidamente transformado na “refinaria” da Madalena, já virá prontinho a ser consumido. Só para tua informação, envelopes, presentinhos, “vauchers” de viagens ao Brasil, “eurinhos”, cafézinhos, cházinhos e chocolatinhos de primeira qualidade seguem já dentro da primeira remessa de barris. Fica descansado, Juju, está tudo controlado.
- Eh, eh, eh! Ó “boss”, afinal há mesmo combustível. O “crude” afinal é de boa qualidade. Os teus prosélitos é que são mesmo uma cambada de ceguetas, caramba. Andam tolinhos a escavar para o patrão, e tu a gozares o panorama – dizia Juju rindo-se com aquele ar azedo e cavernoso.
E em jeito de desabafo final disse-lhe:
- Só tenho aqui um problema, sabias?
- Mas que problema? – indagou Giorgio.
- Vaginildo! – respondeu secamente o “mister”.
E continuando:
- O rapaz em vez de “cavar” em profundidade, atira-se muito para o chão, levanta muita areia da erva, manda uns grandes balões para as laterais e tem uma claustrofobia em grau adiantado. É um bico-de-obra nos túneis. Se calhar o desmame não foi em condições. Mamou desabridamente, sem controlo, durante aqueles três anos, como os lambe-botas dos novelistas de “O Nojo” estùpidamente apregoam, e depois é o que se vê. Ou então foi da vacina “H1N0” que levou do enfermeiro Luiz, quando esteve lá em baixo na capital a aprender alguma coisinha. Fazia parte do protocolo levar a vacina, sabias?
Nisto, Giorgio, já com suores frios, inadvertidamente, largou mais um sonoro e fedorento rasgador, envolvendo-se numa nuvem densa e intragável.
Fez-se silêncio, Juju acendeu mais um cigarro diluidor, e passado momentos, em tom aflito, ouviu-se a voz de Giorgio:
- Ai, Jesus!!!

De agora em diante, tem a palavra o Messias. Nem de propósito. Aconteceu mesmo no Natal, em véspera de Ano Novo.

Bom Ano Novo para Vós, Companheiros, e para o Nosso e Querido Benfica!!!

GRÃO VASCO

quarta-feira, dezembro 30

Cuidado !!! Ele está de volta !!!!!


Com o regresso da competição ao nosso país, estão de regresso também as nomeações (ou escolhas, ou discos pedidos) cirúrgicas e algo previsíveis:

"Olegário Benquerença, de Leiria, no Benfica-Nacional, de domingo"

Nós não podemos regressar destas férias festivas a dormir, porque o polvo corrupto não dorme.

Se não atente-se às restantes nomeações para esta jornada da taça da cerveja:

- osgas submissas Vs fcporko B : jorge sousa, do Porto
- fóculporko Vs satélite dos corruptos de Matosinhos: vasco santos, do Porto

Ora bem... só novidades.
Os árbitros do sistema em toda a sua pujança!
Quem é que precisa de petróleo com estes reforços lá dentro?!?
Novo ano, a mesma pouca-vergonha de sempre...

ESTRANGEIRADA

Muitas "questoes" se levantam ácerca do GLORIOSO.
Melhor dizendo todos os dias se levantam "questoes" ácerca do GLORIOSO.
E como todos sabemos sao os "mérdia" vendidos ao Mafioso Peidoso, que envenenam o ambiente á volta do nosso CLUBE: se nao é a fraca qualidade do Plantel, sao os erros do JJ. Se nao é a desorganizaçao que grassa no BENFICA, sao as já 1893 contrataçoes para Janeiro.
Se nao é a violência do David Luiz, sao os mergulhos do Aimar.
No caso do D.Luiz, até se compreende: ele disse que amava o BENFICA.
Sem tibiezas e com todas as letras.
Os jogadores do BENFICA, querem ficar no Clube por muitos anos, sentem-se bem, e querem pagar o amor e carinho dos Benfiquistas com a oferta do título de campeao já este ano.
Falam o piorio do BENFICA, mas como a Equipa está forte futebolistica e mentalmente, trataram de armadilhar os túneis, mas até para isso já se encontrou o remédio, pois basta entrar um pouco mais tarde e lá se vai a táctica da guerrilha extra 4 linhas.
Como nada tem colado, resolveram os mérdia, em desespêro de causa, envenenar o ambiente à volta dos Jogadores e com a prestimosa participaçao dos Benfiquistas que nunca mais aprendem.
E que foi subrepticiamente inoculado?
Que o BENFICA, tem poucos ou nenhuns Jogadores portugueses, que se despreza a "cantera", que... que...que...que.
Pessoalmente estou-me nas tintas para isso.
Importa-me é a raça com que esmagámos os porcos, sejam portugueses ou nao.
Importa-me isso sim que vistam e acima de tudo honrem o Manto Sagrado.
Quero que que aqueles onze que ali estao a lutar, seus coraçoes batam em uníssono com a Tribo que está reunida na Catedral a idolatrar os seus Deuses, e a celebrar os seus feitos.
O BENFICA, está espalhado pelos 5 Continentes, tem cerca de 14 milhoes de Adeptos nos "quatro cantos" do Mundo, o BENFICA é um cadinho onde se misturam todas as côres de todas as etnias da Terra, que vibram com o vermelho das Papoilas Saltitantes, que vaidosos e orgulhosos se afirmam Benfiquistas.
O BENFICA é grande de mais para este portugalzinho.
O BENFICA é do tamanho do Mundo.
Debaixo das asas da imperial Águia, cabemos todos.
Porque nao também na nossa Equipa?
Que me importa que seja indiano, siberiano, moçambicano, brasileiro, uruguaio, javanês, etc..etc..,se luta e honra o Manto Sagrado, se me envaidece com a sua garra, se me comove até ás lágrimas com tanta bravura, com tanta generosidade na luta.
E se me adoçam a boca quando falam da Grandeza do meu BENFICA, da qual nem suspeitavam, se com toda a humildade do Mundo falam do Colectivo, e me deixam embevecido com a tradicional vénia, sinal de que mais importante que as nacionalidades, os nossos Jogadores se apoiam nos incondicionais Adeptos, eles sim que os levam ao colo, responsabilizando-nos pelos seus êxitos.
É enternecedora esta comunhao Adeptos/Equipa, única no Mundo.
Quente, ardente como o Inferno...da Luz.
Os Benfiquistas têm que se convencer duma coisa: ser-se Lampiao, é ser-se cidadao do Mundo.
É partilhar duma paixao sem explicaçao é adorar o Emblema da Águia, é fazer dum CLUBE, uma Religiao, a sua Religiao.
Sim a todas as nacionalidades pois entao, porque amam como eu amo, sofrem como eu sofro.
Trazem-nos qualidade, encantam-nos com o seu belíssimo desempenho, maravilham-nos com a magia do seu futebol, tal como os Monstros Sagrados das "ex-Colónias".
Mas o que mais custa à mafia do Polvo, é que a Direcçao está a comprar muito e bem, melhor ainda na relaçao qualidade/preço.
E quem me diz que os muitos estrangeiros nao serao a guarda avançada dos "putos" que evoluem nas camadas juvenis?
Quem me diz que os estrangeiros nao estao a preparar a passadeira vermelha às futuras "aguiazinhas"?
E a Europa dos "galifoes" olha curiosa, espantada e gulosa para os nossos Artistas
E os jornalistas(desculpem!!!), tentam, minimizar isto tudo.
Com a prestimosa colaboraçao dos tais benfiquistas.

Como é que é???

De repente, só porque se mudou para a equipa OSGAL, João Pereira passou a ser considerado o melhor lateral direito da liga, por muitos comentadeiros e jornaleiros.

Na realidade o melhor também se chama Pereira, mas não é João... é MAXI. Eu sei que muitos ainda acham que ele é uma adaptação à posição... mas será que esses não se lembram em que posições jogaram Miguel e o próprio João Pereira, antes de recuarem para laterais???

terça-feira, dezembro 29

Curtas

Em jeito de despedidas de 2009, esta pode mesmo ser a frase do ano:

"No Porto não há petróleo."

Se esta for a pergunta do ano:

"E marfim e fruta, ainda há?"

Crónicas Capixabas (VII)

Gloriosos bons dias a todos!!!

Por motivos alheios à minha vontade (temperaturas altas, praias deliciosas, cervejinha bem gelada, etc... etc...) não consegui escrever nenhuma crónica nas últimas 2 semanas. Mas regresso agora cheio de pujança e com muitos comentários ao que se passa no futebolzeco português.

Com mais ou menos facilidade, lá ganhamos à equipa corrupta. Depois de uma semana, em que a sub-classe jornaleira nos tentou amedroantar com o potêncial de uma equipa onde dizem que jogam (se bem que ao que parece até hoje ninguém os viu a jogar nada) Givanildo, Cebola, Meireles, Fucile, Supapunarua (e nos túneis também), etc... etc... muitos acharam que a nossa BRAVA e GLORIOSA equipa iria ter muitas dificuldades. Além disso, estavamos desfalcados de 3 dos nossos melhores jogadores e eles contavam com 3 reforços de última hora (LuXíLio e sus Muchachos).

Sim, não estavamos na máxima força, mas só quem não percebe puto de futebol pode achar que jogadores como Meireles, Fernando, Guarin, Cebola ou Belluschi sejam melhores do que Carlos Martins, Javi Garcia, Ramires, Urreta ou Menezes.

As coisas correram como eu esperava e vencemos categoricamente. E foi de tal forma a nossa superioridade (que injustamente só se reflectiu numa margem mínima) que os Corruptos Assumidos nem piaram. Além disso até se baralharam todos na sua "tática de túnel". Queriam agredir jogadores do Benfica, mas de tão baralhados que estavam, só se lembraram disso já os nossos bravos estavam todos recolhidos. Portanto, basicamente, levaram banho no campo e no túnel.

Agora vamos ver o que é que a Liga decide... eu oponho-me à suspensão de Supapos-naRua-noAvião-e-noTúnel e do Givanildo-Cantinflas, pois sem eles, os momentos de boa-disposição e de humor da Liga Sagres vão ser muito menos frequentes. Como poderemos viver sem os portentosos remates para a bancada lateral de Givanildo e as assistências para os adversários de Supapus?

Mas o clássico já passou, e o Benfica continua (contra tudo e todos) na frente. Sim, o Porco-B continua a não desgrudar, mas mais dia menos dia eles vão dar o berro, por isso o importante é que o Benfica se fortaleça pois a casa-mãe da corrupção do futebol Português ainda não desistiu.

É verdade que eles não têm jogadores como os nossos, mas os corruptos ainda continuam por lá (e pela FPF, pela LPFP, pelos jornais, pelas rádios, pelas tvs, etc...) e nunca irão nós dar um campeonato de mão beijada. Por isso preparem-se pois o que se passou até agora, ainda não foi nada.

Quanto ao mercado de inverno, fico muito feliz pela contratação do Airton. Vi vários jogos do rapaz, e fiquei impressionado. É bravo, lutador e com grande capacidade de recuperação. Claro que ainda é jovem, mas também não vem para ser titular. Tal como Menezes, chega ao Benfica e vai ter oportunidade para aprender e se adaptar. Além de ajudar nesta época, o Benfica prepara já o futuro. Prepara uma eventual saida de Javi no final da época... pois a jogar como joga, o espanhol estará em breve a caminho do campeonato inglês.

Kardec é uma incognita. Sim, marcou muito nas camadas jovens, mas até agora teve poucas oportunidades no futebol sénior. Mas quem o contratou (os mesmos que foram buscar o desconhecido Javi, Ramires e o reformado Saviola) saberá o que tem ali... e quem sabe se não é um diamante em bruto, que bem polido nos dê um grande futuro?

Mas quem anda a abanar o mercado são os "Queques do Lumiar"... impressionante ver a agremiação osgal a comprar desta forma, quando há 4 ou 5 meses a Osga-mor criticava o Benfica por investir tanto no plantel.

Sei que mais uma vez certos "benfiquistas" andam assustados com as contratações de João Pereira e Pongolle pelo 5º classificado da Liga... mas eu pergunto, será que estes jogadores são melhores que Maxi Pereira e Saviola (que já até foram mais baratos)? É verdade que têm qualidade, mas eu relembro também que raramente jogadores que chegam em Janeiro, fazem realmente a diferença. Se bem que no caso do Zebordennggue, ir buscar jogadores (bons ou maus, não interessa) para ocupar posições ocupadas por pedreiros e marceneiros como Postiga, Pedro Silva, Caicedo, etc... é uma boa política.

Lá para cima, os Corruptos parece que não querem apostar em novas contratações... não é uma questão financeira... é uma questão de trauma. É que ainda andam a digerir as contratações de tipos como Álvaro Pereira, Belluschi, Guarin, Valeri, Prediger, etc... e todos sabemos que barretes destes são complicados de esquecer.

Bem... o calor aperta e eu vou mas é para a praia, que a minha vida não é esta.

Umas boas entradas e um 2010 À CAMPEÃO!!!

P.S.: Pelo que parece, há muita gente preocupada com a quantidade de Brasileiros no Benfica. Eu cá não me stresso nada com isso... pois quem sabe se daqui a 5 anos, alguns deles não acabam no Escrete-Luso.

segunda-feira, dezembro 28

Um Picaço Para O "Bébé"


Isto da época natalícia contagia qualquer um, e eu não fujo à regra, note-se bem. Assim sendo, e como o meu coração amoleceu, não podia deixar de "enviar" uma prendinha a um aniversariante no dia de hoje. Afinal de contas, é um gajo porreiro..respeitador dos bons costumes..nada dado a guerras e golpes baixos..bom católico e até dá conselhos familiares ao árbitro do jogo no dia seguinte..tem espírito altruísta..leal para com os outros clubes..sempre muito preocupado com a sua região..sempre distante das promiscuidades político-desportivas..verdadeiro..honesto..patriota de gema..e até declama sem olhar fixamente para o teleponto..enfim, um adversário de respeito e um indivíduo de créditos acima de qualquer suspeita. Até de um(a) juíz(a)!..

Não encontrei mais humilde e escassa forma de o prendar, senão através duma obra de arte de linha exímia e bem focada.
.
.
P.S. Não consigo sequer imaginar quem possa ser o bandarilheiro. Há milhões e mais alguns milhares de hipóteses.
.

O natal no reino da estupidez

Pois é, nem em período natalício a estupidez faz um intervalo...

E os protagonistas são os do costume: a jornaleirada amestrada e os seus motivos de reportagem e de noticias.

Atente-se:



Que o fóculporko queira homenagear o mestre do provincianismo complexado é lá com eles, mas os mérdia darem notoriedade a isto é ridículo demais!

O grande mentor da guerra norte/sul, da guerra Lisboa/Porto só pode merecer o desprezo total e o absoluto esquecimento.

E quem é que se segue para ser alvo duma homenagem?

O guarda abel, não?!?



hehehehehe, onde é que eu já vi isto...

No verão não conseguiram fazer negócio para a escumalha corrupta, agora tentam outra vez.

Enquanto isso, em Espanha a capa do jornal aMarca é esta.
Esclarecedor.
mas a pergunta que se deve fazer não é aniversário de quem? !
É aniversário de quê?
E aí a resposta é fácil: é o aniversário da corrupção, da pouca vergonha, do banditismo, do parolismo.
A continuar assim, qualquer dia também se fazem noticias com aniversários de pedófilos, de terroristas, ditadores sanguinários, etc...

domingo, dezembro 27

Grossa sabujice na RTP1

Ontem, quando assistia ao Telejornal das vinte horas, na RTP1, a notícia de abertura foi o relato circunstanciado, com entrevistas e recortes de anteriores reportagens, da ocorrência, na madrugada anterior, de um incidente grave, que envolveu um grupo de indivíduos, onde se encontrava o conhecido jogador de futebol, Miguel.

Ora bem, a notícia, elaborada por um “iluminado” qualquer que passeia impunemente a sua imbecilidade pelos corredores daquela estação pública de televisão, começou com a alusão a “Miguel, ex-jogador do Benfica”. Textualmente tratou-se de um premeditado vómito que como Benfiquista que sou, me deixou indignado.

Porquê a referência em primeiro lugar a “ex-jogador do Benfica”?
Porque não a “jogador do Valência” seu actual clube, ou em termos internos a “jogador da Selecção Nacional”?

Porquê colar na abertura da notícia o Benfica ao jogador e vice-versa, e não colá-lo à Selecção Nacional ou ao Valência?

É assim que vai a TV pública, paga por muitos Benfiquistas, talvez a maioria, e que de uma forma baixa, torpe e claramente premeditada divulga uma notícia conotando um dos seus intervenientes com o Benfica, mesmo dessa forma indirecta.

A RTP1 continua a albergar e a albardar uma pandilha de autênticos incorrigíveis.

Neste caso, até se poderá dizer que “albarda-se o burro à vontade do dono”, pois o desplante e o descaramento da corja e da escumalha vigente não têm limites e evidenciam-se por este tipo de notícias manipuladas e tendenciosas.

À atenção dos Benfiquistas Autênticos que trabalham nesses locais e que decerto, nestes casos têm e terão uma palavra a dizer.

GRÃO VASCO

quinta-feira, dezembro 24

Natal

Meus caros,

agora mais a sério, para mim Natal é tempo de nostalgia, de romantismo. Se fizermos uma reflexão sobre o passado, todos nós acabamos por sentir essa nostalgia de cores, de sons e até de cheiros de outros natais, sobretudo da magia que era a inocência de não nos querermos sequer cruzar com o Pai Natal, não por medo mas por....nem sei bem o quê.
Mas hoje, quem tem filhos e netos vai voltar, nem que seja por breves momentos a viver aqueles momentos. Eu gosto de fazê-lo e sabem que mais? Absorvo-os ao máximo, para que possa guardar e vivê-los no futuro. Façam-no vocês também. A tal magia do Natal passa por aí, mesmo que inconscientemente.

A todos Vós, desta ou daquelas cores, muito sinceramente, a equipa deste blogue, deseja-vos um Santo Natal.

Para Nós, porque gosto destas coisas, e também porque de melancolia e nostalgia ou saudade esta época acaba por tratar, deixo-vos um pequeno mimo, que se calhar muitos já viram, mas que acho fantástico. Um trabalho (mais um) do Ricardo Paula. Bom Natal.

quarta-feira, dezembro 23

Estava escrito.

E no meio do dilúvio, Jesus poupou os Fariseus à catástrofe. Recebeu-os na Catedral. Num dos portões, qual Arca de Noé, a ver entrar sob alta vigilância, os bichinhos dois a dois, acolheu-os, alimentou-os e deixou-os pregados aos seus lugares em meditação. Depois da ceia, ergueu as suas mãos e disse: "Tomai e bebei todos (...)" e no fim....lavados e em romaria silenciosa, lá voltaram os Fariseus às suas vidas mundanas com os seus Melões.

Bom Natal, são os desejos dos vossos companheiros aqui d'OANTITRIPA.BLOGSPOT.COM

terça-feira, dezembro 22

Deu para finalmente entender.

Depois do Clássico, quem andou a semana toda a pensar, porque raio o David Luiz causava tanta dor de cabeça a tanta gentalha (que de repente parecia só saber pronunciar esse nome) entendeu.

É que o "Davi Luíízzz" para além de ser um ENORMISSIMO JOGADOR, tem outros hobbies. Um deles, ficamos a saber e já o tinhamos visto anteriormente a fazê-lo, é brincar com super-heróis, ou melhor, desvirtuá-los. Conseguiu transformar o "Incrivel Hulk" no Homem Invisivel....

P.S.- Deve ser desolador ir com umas espectativas altas, tipo tirar fotografias com o melhor argentino da década, quem sabe autografos e de repente "foi poupado"......bahhhh!

AS PIRUETAS DA SEMANA [XI]

[A equipa do Benfica nos dois próximos jogos vai vencer. O Benfica vai ganhar. Gerir bem o jogo com o AEK e jogar aquilo que sabe, com cabeça fria, contra o grémio corrupto da fruta e do putêdo serão suficientes para recolocar o Benfica no seu caminho, mesmo com as limitações que vai apresentar. Espero que JJ surpreenda!”]

[Para a semana cá os esperamos, aos outros, aos incríveis de “Palermo” de escovas de dentes em punho.
Aos tais que não vêem TV.
Àqueles que estão a mais neste país.
Aos da Fruta, Corrupção & Putêdo.
Aos mais miseráveis dos miseráveis.
Aos batoteiros antes de 2007, segundo Platini.]

in PIRUETAS DA SEMANA [X], 2ª feira, 14/Dez-09, por GRÃO VASCO, n’O Antitripa

Caros Companheiros,

Acreditar. Acreditar sempre!
É este o meu Benfiquismo.
Um sentimento inexplicável que me conduz a uma crença infinita nas possibilidades dos nossos atletas, de quem os conduz e das nossas Gloriosas Gentes.
Foi esta força desconhecida e incontrolável, de uma dimensão extraordinária, que perpassou no domingo por todo o Estádio da Luz do princípio ao fim do jogo e estimulou os nossos valorosos atletas para uma grande exibição e um excelente resultado que pecou por escasso, perante os “colossos” dos jogos de bastidores, da guerra psicológica, dos túneis e dos truques na manga. Ontem, os “legítimos” representantes da corja, aquela claque ordinária e desordeira que canta o Benfica clamando imediatamente a seguir pelas suas próprias mães, assistiram ao vivo a um vexame e a uma humilhação que é a primeira de muitas lições que aí vêm a seguir..


À BENFICA. LIMPINHO!

A “lição” de Olhão foi bem aprendida – “As camisolas não ganham jogos” e “É preciso, sempre, sempre, cabecinha”.
Outros acontecimentos ocorreram, é verdade. Soares Dias, um verdugo “bem apaparicado” massacrou o Benfica. Ele e uma corja mercenária destacada no Algarve, ao serviço do grémio condenado, desfalcaram-no. Danificaram cobardemente as asas da Águia, surripiando-lhe algumas penas aerodinâmicas, para que no domingo seguinte, ela não pudesse voar. Não conseguiram os seus intentos. Mesmo sob forte temporal a Águia voou, voou, com umas asas mais pequenas, plenas de garra, sempre imponente e com um orgulho muito seu, pousou majestosamente no lugar que é seu por direito próprio – o primeiro!

AH! “GANDAS” PAPOILAS SALTITANTES

O Benfica jogou bem. A equipa foi Equipa, e TODOS os jogadores dignificaram o MANTO SAGRADO. Todos, sem excepção. Podemos e devemos estar muito orgulhosos e gratos àqueles bravos do pelotão que ontem, com coragem e determinação deram o peito às balas.
Na Luz, numa incrível Luz, onde sessenta e tal mil vozes - excepto aquela bolsa infecta e corrupta oriunda da fossa séptica de Contumil - em uníssono, empurraram o Benfica para a vitória.
Honra e Glória aos nossos jogadores, à equipa técnica e ao 12º jogador - os excepcionais apoiantes do Glorioso, os Benfiquistas de Alma e Coração – que no estádio, atentos à tv ou agarrados ansiosamente a um simples rádio, em qualquer parte do mundo sofreram e lutaram por uma vitória arrasadora.
Uma vitória por 1-0 que equivale a 5-0. Os corruptos sabem-no bem. Por isso se retorceram tanto no final.
É esta a nossa força. A força da razão e da legalidade.
A vitória contra um sistema bandido que teima em fazer prevalecer a chicana, a mentira, misturada com uma filha-da-putice inimaginável e uma podridão vassala e corrupta.
Nós, Benfiquistas, – excepto os traidores bem identificados e que se passam por tal – merecemos este prémio, arrancado com sangue, suor e lágrimas ao poder tentacular e corrupto instalado, que utilizou todos os truques sujos, apoiado por uma comunicação social terceiro-mundista, quase toda enfeudada e vendida ao grémio da trapaça, da corrupção e do putêdo.

Coesão, inteligência e estrutura mental – os nossos jogadores terão ainda muito que crescer nesta área, mas no domingo já foi melhor, muito melhor – e a lição bem preparada e estudada, com JJ escondendo muito bem a estratégia, a par da abnegação, sacrifício, talento e classe dos nossos jogadores, demonstraram inequìvocamente que é possível o caminho do êxito e da glória, quer nacional, quer europeia, e arrasar com a cambada de trapaceiros que teima em levar a luta para a lama. Só uma infame roubalheira e acções à falsa fé nos poderão desviar desse caminho. E mesmo assim cá estaremos para lutar até ao fim. Disso, os nossos inimigos podem estar certos.

UM GRÉMIO CONDENADO DE RASTOS…

Acabrunhados perante a excelência, determinação e grandeza do Povo da Luz, quer nas bancadas, quer no relvado, o amontoado de cêpos oriundo de “Palermo”, trazidos ao colinho desde o início da época por “apitadeiros”, “jornaleiros”, escrevinhadores, “paineleiros”, “merdias avençados” e afins, foi reduzido à expressão mínima de uns tronchos da bola, mais parecendo um grupo de cobradores de alugueres de barracas de praia, bem à imagem do seu líder (?), o ressaibiado fulano do manguito, que hoje ainda “cospe no prato onde durante muito tempo comeu” e que, sem emenda, ao bolsar azedume e mau-perder por todos os poros, para além de fazer uma triste figura igual à do grémio que representa, continua assim, a publicitar pèssimamente as alheiras da sua terra. Qualquer dia, por este andar, por lá, até os gatos vão desaparecer.
A arrogância e as alarves fanfarronadas cantadas ao longo da semana pelos “carecas da amarelinha” e pelo caudilho da Madalena, tiveram o seu epílogo no domingo, com a oferta singela da parte do Benfica, de um peru natalício de “dois papos” – no basket e no futebol – e de uma palete de bicarbonato de sódio para a azia. Uma prenda de Natal utilitária, endereçada, a quem está habituado a “comer” só chocolatinhos e a “beber” café com leite e cafèzinhos.
Toda a corja ajoelhou.
De joelhos, corruptos, que o grandioso Benfica vai passar!
David Luiz fez prostrar Hulk, o tal, que um andrade carroceiro, por encomenda de “Palermo”, apontou malèvolamente, para tentar empurrá-lo para fora do jogo. Mas tal como David perante Golias, a destreza e a classe do “minino” da Luz foram suficientes para meter essa gajada no bolso do seu fato de treino – este rapaz se usar sempre bem a cabeça como usa os pés, será a curto prazo um super defesa-central.
Uma humilhação, uma completa humilhação.
Agora é hora de irem vomitar o resto das alarvidades à fossa de Contumil, o sítio ideal para lamberem as feridas de uma derrota inapelável, ou por vício, conspurcarem-se ainda mais. Levem também a colecção de “relatadeiros” e “cumentadeiros” das rádios. Um nojo! Esses até podem entrar de cabeça na estação de tratamento de esgotos. Uma cambada de cabeçudos com poucas excepções, que anteontem, durante o jogo descarregou uma autêntica diarreia mental anti-Benfica.
E ala, que já se faz tarde!
Estão cá a mais, como “declamou” o caudilho da Madalena.
Um pequeno apontamento àquela leguminosa pôdre, importada do Uruguay. Cebolla justificou anteontem porque é que se mudou para a corja. Naquela escola de vícios, depressa aprendeu duas das suas disciplinas major - a selvajaria e o mau perder. Um discípulo exemplar na arte do kung-fu, a modalidade mais em voga e mais praticada na Pocilga.
Ao festival de artes marciais ainda se juntaram o “Quinquiliões” e um batráquio qualquer.
O costume.

DELÍRIOS FARAÓNICOS

Manuel José bem pode voltar para os sarcófagos das múmias. Pode ser que descubra um papiro que lhe ensine de vez o que é o Benfica. O calor da África negra e os hieróglifos egípcios têm-lhe toldado o raciocínio.

PITONS “PERIGOSÍSSIMOS”

Rodolfo Reis, foi no seu tempo, o detentor dos “pitons” mais perigosos de que há memória. É o antepassado directo de uma trupe de trauliteiros composta por Paulinho Santos, Secretário, André, Jorge Costa, João Pinto e mais recentementemente, do mestre do kung-fu no futebol, Bruno Alves.
Não me recordo de um jogador de futebol mais parecido com um arrieiro ou carroceiro da bola, como aquele antigo cêpo ao serviço do grémio corrupto.
David Luiz deu-lhe uma grande lição. A ele e a uma cambada de autênticos parasitas, reles e miseráveis detractores, que durante a semana não pararam de o achincalhar. Uma lição de um grande jogador, de um grande defesa-central a uma reles, vil e contínua provocação – domesticou o “Quinquiliões” e um “passarôco” colombiano, acabando a seguir, por jogar uma cebolla pôdre para o caixote lixo, sem espinhas!

O JORNAL DA MANHA

Durante a semana foi arrear forte e feio no Glorioso. De todas as maneiras, todos os dias. No sábado, então, no suplemento que bem poderia intitular-se “O anti-Benfica”, foi um fartar vilanagem. Desde o destaque e credibilidade dados a um vulgaríssimo ex-jogador que assumidamente se drogava para jogar, e exibir em grandes parangonas o seu desejo de que o grémio condenado ganhasse em detrimento do Benfica, foi sempre a malhar até à última página. Se por acaso esta gentalha pudesse derrotar o Benfica, já nem sequer estaríamos no desporto. Uma vergonha sem limites. Para rematar este chorrilho de alarvidades e à falta de mais um imbecil para preencher a última página, lá veio um “(a)moral” qualquer, um fanático anti-Benfiquista, provocador e indecente, a vomitar mais “merdunça”. Fosse eu familiar de Inocêncio Calabote e esta alimária já tinha parado de garatujar as parvoíces e insinuações agarotadas com que lamentàvelmente “brinda” os leitores do jornal.

TRAPACÍLIO
Em muitos momentos do jogo vi um fantasma - Trapacílio.
Será que ele existe mesmo?
O cúmulo aconteceu quando se equivocou e pensou que estava a arbitrar um jogo de andebol. Sendo assim, como é que ele poderia apitar para o “penalty” de Cebollada?
Neste capítulo já chega de prosa.
Só que nas próximas jornadas será mais do mesmo.
Uma luta sem tréguas para a qual teremos todos de estar bem preparados.

OS “MERDIA”
Uma cambada de bastardos, ou melhor, sacanas e canalhas da pior espécie, bem orquestrados, tentou ao longo de toda a semana, após se ter conhecido o árbitro para o jogo de ontem, através de concertadas insinuações, conotá-lo com o Benfica. Tudo vale para atingir o Benfica. Ao longo do seu historial em jogos que arbitrou o Glorioso, este apitadeiro teve escandalosas prestações como aquelas inesquecíveis do Bessa, de Aveiro e tantas, tantas outras. As estatísticas são claras e a cambada de cabrões que tentou iludir a opinião pública sabe-o muito bem. Mas prevendo a sua própria derrota, quiseram acautelar-se e acautelar o grémio que os manieta, e lançaram essa suspeição vergonhosa.
Camiões e camiões de bicarbonato para eliminar a azia e aliviar a indigestão dessa corja de canalhas estão a caminho das redacções. Esta semana, a bastardia foi levada ao extremo. Perderam. E irão perder mais. Sempre cada vez mais. Para já, apanharam as raspas para se aquecerem nesta fria quadra natalícia. E ainda faltam os “paineleiros” para fazer o coro da semana.
Um comportamento baixo, de um sector da comunicação social enfeudado ao que de mais sujo e cobarde há no país.
Uma vergonha nacional que urge ser varrida completamente. É a descredibilização total.
É por isso que é cada vez mais precisa uma Rádio Benfica.
Não percamos tempo. É hora de unir esforços, constituir e reforçar a nossa defesa, planeando de imediato um eficaz contra-ataque.
Não podemos parar, nem no Natal.

UM NATAL MUITO FELIZ E UM 2010 COM SAÚDE E MUITOS SUCESSOS PARA O NOSSO BENFICA, PARA TODAS AS SUAS GENTES, E PARA TODOS OS GLORIOSOS COMPANHEIROS QUE FAZEM D’O ANTITRIPA UMA MURALHA INEXPUGNÁVEL DE DEFESA DO SPORT LISBOA E BENFICA!

GRÃO VASCO

Estupefacto!

A FIFA divulgou hoje o ONZE ideal de 2009 e esqueceu-se do Givanildo!!!

Como é possível que a maior promessa do futebol mundial, não tenha lugar neste onze?

Ah... esperem... parece que afinal não se esqueceram dele. Ele faz parte da equipa ideal de apanha-bolas, juntamente com Caicedo, Benitez, Angulo e Quaresma.

segunda-feira, dezembro 21

Saviola deseja-vos a todos um Feliz Natal

Afinal, pisar merda dá sorte!

Segundo a crença popular, quando se pisa uma bosta é sinal de sorte, sinal de dinheiro.

Ora bem, no sábado, aceitando um convite manhoso, o Costa de Lisboa pisou uma bosta. Uma grande bosta sita numa das grandes avenidas da sua cidade.
Conscientemente, Costa teve sorte!

Às solas dos seus sapatos ficou peganhosamente agarrada matéria fecal corrupta, emanando uma fétida malina anti-Lisboa, anti-capital.
Imagino o Costa de Lisboa, pachorrento, após se ter atolado, já com as meias encharcadas, envolto num cheiro nauseabundo, a desejar um natal feliz e um próspero ano novo àquela corja incorrigível, e para mais a mais sabendo o que ia acontecer no dia seguinte, à noite, com tudo a cantar o “Jingle Bells”, o “SLB fdp´s” e o “O que queremos ver, é Lisboa a arder”, e com o outro Costa, o anfitrião, a marcar compasso, esgalhando mais umas fedorentas “brôas” natalícias.
Nem em Hollywood se faria melhor…

Hipocrisia e política passearam-se mais uma vez de mãos dadas, numa promíscua simbiose, temperada com uma pitada provinciana de esperteza saloia, numa festa natalícia onde o Pai Natal, para dar um ar ainda mais patêgo ao evento, se vestiu de azul debruado a branco carregado de envelopes, chocolatinhos e presentinhos.

Será que o Costa de Lisboa mudou de sapatos no domingo, para ir ver o “Red Eagle Race” à Luz?
Espero bem que assim tenha acontecido. Do mal, o menos.
A Luz não serve, nem nunca servirá de capacho a ninguém.

Mas uma coisa é certa – nem que mande lavar os sapatos que usou no sábado à noite, no maior caudal do Rio Tejo, nunca conseguirá apagar nem diluir a triste nódoa que marcou esses sapatos. Sapatos que tanto se calçam como edil, como se calçam como adepto.
Mas continuo a acreditar, depois de terem ficado conspurcados, que sensatamente os tenha descalçado e pelo menos tenha levado para a Luz, os de cerimónia.

Com que então uma proeza extraordinária, destacar uma agremiação com dois mil associados, que não é mais do que uma extensão de um clube condenado por corrupção, jocosamente gozado por Platini na Madeira?
E quantas associações ou comunidades haverá em Lisboa, tendo mais de dois mil sócios?
Quantas vezes é que o Costa de Lisboa se referiu a isso?
Quantas vezes, é que ele participou numa festa de natal de algumas dessas entidades?
E a função dessas agremiações? Não será bem mais importante do que uma casa que serve outros interesses, que não os da capital?
Qual é a importância de visitar uma agremiação com representantes que não têm feito outra coisa senão querer mudar a capital para o Porto?
Que são eles, mais do que as outras cidades capitais de distrito deste país?
Que são eles, mais do que Évora, Aveiro, Viseu e muitas outras?
O que é que eles têm feito pelas outras cidades? E pela região?
O Porto é uma cidade igual às outras. Só com uma diferença. Tem um bando de pseudoregionalistas com um declamador de pacotilha à cabeça, que descarada e ordinàriamente estimula há anos uma guerra contra Lisboa, para servir, sòmente, os interesses de um grémio que foi condenado por corrupção, que é a vergonha do país por essa Europa fora, mesmo em supermercados mencionados por Alex Ferguson e a quem o Platini em devido tempo e mesmo agora nas suas recentes declarações declarou sùbtilmente que era batoteiro.

Os lisboetas, os verdadeiros, não se esquecerão dessa noite decepcionante de sábado, do Costa de Lisboa, não obstante poder justificar-se, ter pisado uma bosta como representante do que quer que fosse.

Mas, por mais paradoxal que possa parecer, a pisadela na bosta, deu sorte. Assim, o finório do outro Costa, o anfitrião, que veio todo lampeiro do seu “buraco”, a voar num “abiãoue” de corrida, para alfinetar a capital, ainda pôde levar de volta um peru de dois papos para tentar digerir na ceia do seu famigerado gueto – um papo recheado no basquetebol para a véspera (consoada) e outro recheado no futebol para a ceia de natal, exactamente como neste fim-de-semana.
Se o fizer será congestão pela certa!

Ai, Costa, Costa!

GRÃO VASCO



PS. Por agora estou a saborear esta vitória do Benfica e dos Benfiquistas contra tudo e contra todos. Depois, nas Piruetas da Semana, será abordada a pouca vergonha e o achincalho de que o Nosso Glorioso Clube foi vítima, quer da imprensa, das rádios e tv’s.
Foi um fartar vilanagem como nunca vi.
Um futebol sério e lutador sodomizou esta gentalha toda. para toda a quadra natalícia.
Ainda bem!

domingo, dezembro 20

Sigan Chupando, BATOTEIROS


Mais humildadezinha, seus labregos...com que então vinham Cá ganhar os dois joguinhos, hã?...
.
Vá..SIGAN CHUPANDO!..
.
Lixílio..foste a merda do costume..perdoaste as expulsões ao fusível, ao cebola-podre..e aquele penalte "bárbaro" também não marcaste, porquê?!..por acaso andaste em sessões de conselhias familiares na véspera, foi isso?..
,
Pintiti "Corleone"..se preferires um "RedBull" emprestado pra regressares mais depressa..já sabes, chama o António..dispensamos bem o teu mau-cheiro..
.
Foi limpinho, "sem espinhas"..e A Equipa fez uma bela joga!
.

E PLURIBUS UNUM

.

Mas que grande surpresa !!!

"Hélder Barbosa e Kaz de regresso "

Acho que ninguém estaria à espera duma coisa destas (clicar no titulo para ver a noticia completa) , deste tipo de lesões relâmpago, deste esquema em que está tudo bem antes do jogo contra a escumalha corrupta, na véspera acontece sempre qualquer coisa que afasta os jogadres dourados desses jogos, e depois, quase que como por magia, esses mesmos jogadores estão de volta no jogo seguinte.

Deve ser a tal "estrutura muito forte" tão propalada nesta semana por quem é apaixonado pelos esquemas da porkalhada...

O curioso é que já na época passada (ou em todas as épocas mesmo...) se ouviu muitos a tentarem vender essa mentira, a dizerem que o fóculporko tem uma organização muito forte, que se apresenta sempre com uma mentalidade muito forte neste tipo de jogos (falando no jogo de hoje), mas a verdade é que essa força, e no caso da época passada teve um nome: proença.

Esperemos que os habituais esquemas, jogadinhas de bastidores, compadrios e subornos que fazem com os azuis e broncos sejam a maior merda existente no nosso país (e que é parvamente confundida com forte estrutura, mentalidade e organização por parte dos amantes de corruptos) hoje não tenha o nome do luchílio.

É que há sempre um nome dum árbitro por trás dessa força.
É curioso...

sábado, dezembro 19

CAMPEÕES 78 - andrades e ladroezecos 72



Só quem assistiu à partida é que tem a noção do ROUBO de que, mais uma vez, fomos alvo. Continuamos líderes invictos e os andradezecos seguem algures à rectaguarda.

Estavam muito confiantes..INCHEM andrades...ESCUMALHA CORRUPTA, A VERGONHA DE PORTUGAL!

.

Shame On You, Mr. Costa


(cliquem no título)

"António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, marcará presença hoje à noite no jantar de Natal da Casa dos Dragões na capital.A festa, que terá lugar na sede da representação do FC Porto em Lisboa (Av. República), tem início marcado para as 20.30 e contará igualmente com Pinto da Costa. Mais um momento de confraternização para os adeptos portistas." - in Record

Com benfiquistas deste calibre, estamos muy bem servidos, não hajam dúvidas. .
Quanto aos lisboetas, há que se "porem a pau", é que ao lado de António Costa vai sentar-se aquele que sempre quis ver Lisboa a arder..

O Rui Rio não vai em conversas destas..nunca seria "apanhado num filme" como este.
Um beija-mão do edil de Lisboa ao Presidente do clube-assumidamente-corrupto, que mais não é do que o maior inimigo do Glorioso, da cidade e do paìs. Fica para a História.
.



Sabia que....

Este SEÑOR é o MEJOR JUGADOR ARGENTINO da Década?

Isso mesmo....eleito pelos argentinos....e com 6 milhões de votos que não foram dados.....senão era o do Século. Quien es Maradona?

Pode ser que todos os outros argentinos (e não só) tenham amanhã um dia de sorte e lhes caiba um autógrafo e uma foto ao lado do DIEZ!

Fuerza PABLITO!

sexta-feira, dezembro 18

Outra vez?!?


Claro que o homem tem todos os motivos do mundo para se rir...
Saiu-lhe o clubeco que todos queriam neste sorteio!
Isto apesar de terem andado (mais uma vez) a tentar vender a mentira que era um dos adversários mais temidos, e que vinha uma sondagem em que os adeptos do Real Madrid colocavam o fóculporko em segundo lugar na lista dos que menos queriam para os oitavos da champions!!!
Está-se mesmo a ver, hehehehehe
Os adeptos do Real deviam estar cá com um medo!
A verdade é só uma: calhou ao Arsenal a maior merda de clube que existe ao cimo da terra, e tudo o que queremos é ver outra vez o Mestre Wenger a desmanchar-se a rir do bailarote que a sua equipa vai dar à porkalhada.

quinta-feira, dezembro 17

(G)osto (M)uito D' Abioes & Abionetes..


(cliquem no título)
.
.. e pelos lidos, ele também..tem bom "remédio"...mete-se na A1 e vem até à Capital.
.

Luchulio

Mais uma vez, somos obrigados a levar com este traste.

Não querendo estar a ser chatinho, gostava de relembrar que este indivíduo é mau árbitro desde sempre. E nós, benfiquistas, há muito que o dizemos em voz alta.

Se for necessário, recordem.

E recordem...

Crónicas Capixabas (VI)

GLORIOSAS bons dias!

Desculpem a minha ausência, mas o stress da praia não me permitiu escrever nos últimos dias.

Hoje estou na bela peninsula de Búzios... e enquanto por outros lados a terra treme, por aqui tudo se mantem calmo.



Mas vamos mas é falar de bola. Parece que os nossos gloriosos não conseguiram vencer os CORRUPTOS-C. Pois... acho que é complicado uma equipa vencer sempre, especialmente em campos inclinados e contra gente que é compensada (e DROGADA) para nos travar. Sim... DROGADA... eu sei do que falo, e sei como certos jogadores (ligados a certos departamentos dicos) correm 90 minutos em certos jogos e depois passam 2 a 3 semanas de ressaca, sem conseguir manter o ritmo por mais de 20 minutos. Sabemos como os produtos os tornam agressivos e muitas vezes lhes tingem a língua.

Parece que por outro lado, os ANDRADES ASSUMIDAMENTE CORRUPTOS lá tiveram que fazer uma "fabulosa" exibição contra um "FORTÍSSIMO" Setúbal, que para mais as coisas se apresentou "DIFICULTAR""REFORÇADO" com 3 emprestados dourados na ENFERMARIA. O que como já todos sabemos, é muito normal.

Pela OSGALÁXIA... tudo na mesma... saiu o "cabelinho ao meio"... entrou o "tufinho de cabelo no cimo da testa" mas os resultados continuam na mesma, as exibições tão más como eram e o presidente e "sus muchachos" tão idiotas como eram. Nada que não fosse esperado.

Mas voltando ao Benfica, hoje há jogo a feijões contra o AEK. Espero sinceramente uma vitória só para ter mais uns pontitos no ranking da UEFA. Mas acima de tudo que os menos utilizados se mostrem a Jesus.

Depois para domingo, mesmo com o meio campo desfalcado, espero uma equipa fortissima com alto rendimento e a demonstrar que o melhor futebol em Portugal é o nosso. Eu até já estou a ver o desenho do nosso meio-campo e até dá medo!!! Mas claro que não o vou revelar.

Os corruptos andaram semanas a estudar a forma de parar Di Maria e Ramires, mas agora vão ter que adivinhar o que fará Jesus... pelo que não me parece que tenham grande vantagem competitiva. Mas eles que pensem que sim.

Claro que os jornaleiros-avençados andam todos em grande euforia... eles sabem que não vai ser fácil, mas fazem de tudo para levantar o animo aos corruptos.

Infelizmente, no seio dos nossos adeptos, há muita gente que ao mínimo resultado menos bom, desatam a insultar e a maltratar a equipa, os técnicos e os dirigentes. E isso só ajuda que está contra nós. Ser Benfiquista, é apoiar nos bons e maus momentos. É estar sempre com os nossos, mesmo que eles errem. É exigir mas é também dar o nosso máximo para os proteger.

Eu fico-me por aqui, hoje. Sei que o grupo de trabalho vai reagir à altura e os VERDADEIROS ADEPTOS lá estarão à apoiar. Claro que no meio, estarão 3000 animais a destruir e a sujar a nossa catedral. Mas quando burros chegam a um palácio, não se pode esperar que se comportem como gente.

Um abraço a todos,

V.

quarta-feira, dezembro 16

Ser de "Olhão" e jogar no "Boavista"...

Em garoto, quando um de nós se afoitava num raciocínio ou procedimento bem medido que travasse a sabedoria experimental e suprema dos adultos, dando-lhes aquilo a que chamávamos “um nó cego”, contestando-os ou surpreendendo-os com subtileza e arte, ouvia com frequência, da parte deles, a frase – [huummm, és de “Olhão” e jogas no “Boavista”].
Hoje ser do “Olhão” já não obriga a jogar pelo Boavista – também ele nas ruas da amargura - mas, infelizmente, “obriga” a optar pelo código do “jogador” batoteiro da “famiglia” corrupta, com outros contornos que não são a genuinidade e a pureza da infância ou mesmo da adolescência.
Olhão é uma terra como muitas neste país. Mas no que concerne ao futebol, já todos ficámos a saber qual o transtorno que causou uma tremenda indignação à maioria dos apaniguados do seu principal clube. Estão desiludidos e apreensivos com o futuro e com a imagem subserviente e conivente do clube. E isto porque há um fenómeno para o qual eles acordaram tarde. E só um novo banho “purificador”, uma nova travessia do deserto, fará restaurar a independência da agremiação, agora tomada pela teia que assola o país e que tem enredado até à exaustão esses clubes que se tornaram satélites e marionetas da corja de “Palermo”.

Há uma estratégia clara dessa corja em todo o lado. Os indígenas, os destacados ou radicados em muitos locais e pertencentes a essa reles casta, sabem bem o que têm de fazer. Sabem bem a missão que lhes foi destinada. A cartilha que leram, ensinou-lhes tudo. Sabem-na de cor e salteado. É como um manual de táctica subversiva ou como o livro “verde” dos homens-bomba, ou ainda como um livro “sagrado” contendo os respectivos mandamentos do “profeta” Giorgio di Bufa para serem postos em prática. O inimigo, o Grande Satã é o Benfica. Numa maioria esmagadora dos casos comportam-se como de uma “Jihad” se tratasse. Basta vermos os comportamentos da colecção de “paineleiros”, “opinadores”, “relatadeiros”, “cumentadeiros”, deputados, políticos, advogados, juízes, gestores, presidentes de conselhos directivos, “empresários” com e sem aspas, e, depois, as suas ligações ao submundo da marginalidade editada e detalhadamente explicada em livros de símios, mestres de cerimónia ou assessores e de escritoras calorentas, antes amásias da noite, “ajuntadores de letras”, escrevinhadores rastejantes e por aí adiante.
Minam tudo de todas as maneiras e feitios. Alguns assumem-se como mecenas e beneméritos, outros, regionalistas da treta, não do tetra, pagos a peso de ouro, mas sempre tendo um único fito – trabalhar em prol do grémio da Fruta Corrupção & Putêdo, prejudicando e molestando o Benfica. Neste cenário, nem os submissos da capital já contam para o “produto final”.
Por vezes, nem se assumem como adeptos do grémio corrupto de “Palermo”. Disfarçam-se de bons samaritanos, para depois, fraudulentamente, se revelarem como as maiores pestes existentes à face da Terra. Se a torre das antas falasse…
Esta praga existe em todas as classes socioprofissionais, e entre elas há uma ligação secreta, tácita, promíscua, que lhes permite actuar em todo o lado. E impunemente. Depois é simples. A turba cega e ignara vai atrás deles, hipnotizada, como ninhadas e ninhadas de ratos e de super-ratos marginais e criminosos, dançando e cantando inebriados, drogados e bêbados ao som duma flauta mágica – “SLB fdp’s, SLB”. É esta a triste miséria do gueto de “Palermo” com o beneplácito da corja que o comanda.
Mas se alguma coisa falha, lá estará sempre alguém para branquear todas as situações. O melhor exemplo disto, são as decisões e sentenças judiciais, em que por vezes se atingem tais despautérios que parece vivermos num país africano do terceiro mundo, repleto de “bokassas”, “kumbas” e “dádás”, onde a corrupção e os atropelos à Lei proliferam impunemente.

Em trabalho, há dois anos atrás, estive uma temporada no Algarve e a sensação com que fiquei em certos locais e estabelecimentos com o símbolo bem visível da corja corrupta, é que ela própria, ali, se constitui como uma casta à parte, toda ela interligada, parecendo um "famiglia" pequena, mas com os rituais, os diálogos, os comportamentos e os procedimentos genuínos já velhos e conhecidos. Uma comunidade fechada, que aparentemente faz as suas aberturas quando lhe convém, bem estruturada, de elementos com boa folga financeira e com ligações perigosas a todos os poderes, encobrindo-se e defendendo-se uns aos outros. Muitos emigraram há muitos anos da “Palermo” sombria e provinciana para as solarengas e quentes praias do Sul, chulando as terras do que dizem ser ainda, em tom de gozo saloio, a mouraria ou Marrocos. Outros, mais recentes, aproveitam para lamber e devorar todas as oportunidades que aí surgem e que o poder económico situado a Norte lhes oferece, numa miscelânea de promiscuidade corrupção e poder.

A anulação da validade das escutas telefónicas é o melhor exemplo. Ali fala-se de tudo, mas para efeitos de prova em tribunal não contam. Utilizam-se todas as artimanhas e truques jurídicos para salvar a pele aos prevaricadores e criminosos. Nunca no futebol, nem em nenhum grémio houve esta monstruosa teia de tamanha dimensão. Mas o mais flagrante do que descrevo é o labirinto incomensurável do Apito Dourado. Tudo sob suspeita e ninguém atrás das grades - umas condenações pífias para disfarçar e pronto, o detergente actuou. “Dourado mais branco não há”!
E depois, escandalosamente, muitos dos implicados continuam, cantando e rindo, a desenvolver a actividade onde se atolaram com a conivência da justiça. Toda a estrutura está tão envenenada, tão sabotada, que só um ciclone de grande dimensão poderá limpar toda esta porcaria. De outra maneira tudo continuará como está.
A luta dos Benfiquistas tem de ser em toda a linha. Dentro das possibilidades de cada um, com as armas de que cada um dispõe, secar e destruir essa teia com sabedoria e inteligência, não cometendo infracções e não atentando contra a Lei.
E acima de tudo, não prejudicando o Benfica seja em que situação for.


GRÃO VASCO

terça-feira, dezembro 15

No correio da manha, hoje, 15/12/09

Uma dupla que mais parece um “galão” azedo de máquina – António Pereira/David Barata – tratou de elaborar um artigo que espelha bem o seu fraco nível como profissionais do jornalismo.

Numa arenga fatídica sobre DiMaria, a dupla, desenvolvendo a notícia recorrendo sempre à mesma merda que é comum a esta corja de jornalistas incompetentes – as “fontes”, neste caso “fonte próxima” – alude à pressão exercida sobre o argentino, jogador do Benfica, causada pelas contínuas e constantes novidades sobre a sua transferência, vindas especialmente de Inglaterra desde o início da época, e à sua ansiedade pela proximidade do jogo com o grémio corrupto.
Uma notícia de merda emoldurada por uma incrível parangona de meia página de um jornal diário generalista com uma natureza anti-Benfiquista de bradar aos céus.
Como se estes “artistas” não fizessem o mesmo ou bem pior que os ingleses.
Já não é a primeira, nem a segunda vez que estas coisas acontecem, quando é preciso desestabilizar o Benfica. Aliás, este António Pereira é useiro e vezeiro nestas coisas, com a particularidade de já ter sido desmentido diversas vezes, o que realmente em nada abona a sua reles qualidade de profissional da caneta e ajuntador de letras.
Valem-se sempre das “fontes”. Por isso é que metem água a rodos. Depois clamam por socorro porque se estão a afogar.
Realmente, esta dupla revela um despudor e um descaramento incríveis.
Aonde e como é que este jornal nojento e esta dupla de “acrobatas” anunciou a agressão de Cristiano Ronaldo, ou a de Pepe?
Então e a agressão de Ronaldo, ou a de Pepe, também foram motivadas pela pressão e pela ansiedade, ou vão primeiro pedir explicações aos seus psiquiatras?
Então e a do Pepe? A conclusão já está tirada?
“Cadê” a parangona?
E a do incrível “Hulk 100 triliões”, à primeira jornada, também teve uma página tão mediática? Ou as alimárias arrepiaram caminho com medo?
São estas atitudes que marcam o baixo calibre profissional de António Pereira e David Barata, que quando falam no Benfica fazem-no sempre de uma forma acintosa, premeditada e leviana.
Uma nojeira de jornalismo, isto é se podemos falar em jornalismo, porque isto não passa de escória de mais baixa categoria.

Mas para compôr este ramalhete anti-Benfiquista do jornal da manha, como nota final constatem esta “pérola” de um tal de Nuno Madureira:
1 - “O descontrolo de DiMaria e Coentrão…”
2 - “…mas o golo de Nuno Gomes, ao cair do pano, lá permitiu segurar a vantagem magra sobre o fcp e manter a colagem ao líder”.

As perguntas para sobre este chorrilho de imbecilidades são as seguintes:

1 – Qual foi o descontrolo do Coentrão?
2 – O que é isso de “lá”?
3 – Será vocabulário ou linguagem própria de um imbecil ou de um primata anti-Benfiquista? Ou solfejo de notas musicais?
4 – O que é isso de vantagem magra?
5 – O que é isso de colagem?

Isto é o que se chama a habitual bandalheira de uma mentalidade pérfida que abusa dos compradores e leitores.
Revela inequìvocamente a subserviência a quem combate o Benfica com todas as suas forças.

Mas nem contratando estas bestas para completar o reles quadro de jornalistas desportivos que chafurdam no jornal, os mentores desta estratégia levarão avante os seus mórbidos desígnios que é denegrir e desestabilizar o Benfica.

Não tardará, surgirá quem os avalie e devasse, da mesma forma como eles hoje fazem com muitas entidades e pessoas.
E aí como habitualmente o buraquinho atrás nas costas fechar-se-á até ao limite. Lá virá a conversa de que têm filhos e mulher em casa para sustentar…
Já há quem assim proceda e com resultados eficazes.

Mas uma coisa é verdade.
Eu não dou nem “um vintém” que seja a cretinos.


GRÃO VASCO





PS. -
O DiMaria em especial e o Cardozo que muito admiro procederam precipitadamente em Olhão?
É verdade! Negar esta evidência é negar o meu Benfiquismo!
Estou solidário com eles em tudo e quero que eles sejam do melhor que há no Benfica?
Estou e quero! É este o meu Benfiquismo!
Quero ajudá-los com os meus alertas e com as minhas críticas construtivas?
Quero! É também por isto que o Benfica é a minha eterna paixão!

A QUEM SERVIR A CARAPUÇA...

É um belíssimo sinal de vitalidade e interesse pelo BENFICA, o número de comentários a cada posta.
Fico contente com isso, mas nao contem comigo para "alinhar" em muitos desses comentários, isto porque o fito desses comentários de Benfiquistas de longa data, etc. e tal, traz águs no bico.
E muita.
Como sou do contra, é a minha maneira de ser, salto sempre fora quando há uma corrente generalizada de pensamento, pois criaram uma corrente que o BENFICA está mal o porko está muito bem e no domingo nem será necessário jogar.
Dirijo-me aos que criticam tudo e todos quando fazemos um resultado menos bom.
Esses ditos Benfiquistas, e nao me venham com a tanga que já sao sócios há nao sei quantos anos, apraz-lhes cruxificar os jogadores quando algo corre mal.
Isso nao é ser Benfiquista.
Por serem "antigos" nao têm o direito de pôr em causa os Jogadores.
Eu tenho o direito, de lhes dizer que nao é assim que se apoia o BENFICA.
Estao conscientemente a fazer o jogo do inimigo.
Façam um esforço e leiam a imprensa de hoje: invariavelmente, os jornais, em "artigos orgásmicos", falam da aproximaçao do clube dos envelopes "aos dois primeiros".
E já estao a criar uma onda, tendente a considerar o BENFICAxporkos, como favas contadas.
Tudo o que se escreveu ao longo destes meses, foi com o fito de provocar esta situaçao: o porko está bem, e o BENFICA nao tem estôfo, os seus jogadores nao têm estrutura mental, JJ falhou.
Bonito.
Passa-se como gato por brasas na actuaçao dos árbitros, e já nem falo dos tremendos roubos ao BENFICA; falo dos enormes benefícios concedidos aos clubes mafiosos.
Ao invés de se analisar porque Cardozo foi suspenso, pois o verme do soiza chegou "atrasado de propósito um minuto e 40 segundos ao local do crime", nada viu, e mesmo assim suspendeu o melhor marcador da liga, em 2 jogos.
O energúmeno que agrediu e provocou a situaçao era...suplente.
Em olhao mais do mesmo, com jogadores atestados de nandrolona a agredir e provocar.
Alguém investigou?
Nada disso pois o que importa a estes Benfiquistas, é dizer que um puto de 22 anos é uma criança, que nao vale nada, que vá já para o M. City e mais barbaridades.
Vi e revi o lance da "garotada" de Di Maria. HÁ milhoes desses lances por esse mundo fora que nem amarelo levam.
E depois...o Di Maria é expulso e que acontece ao filho da puta que o provocou? Nada de nadinha.
Nem a provocaçao nem a resposta quanto a mim mereciam expulsao.
Aliás o Di Maria tenta-se libertar do "abraço" do porco de olhao
Já o drogado que puxou o cabelo ao Fábio, foi bem expulso, pois esse nao conseguiu controlar-se com a dose que tinha no bucho.
Se nos lembrar-mos das bárbaras agressoes que a equipa dos envelopes e cafezinhos faz todos os jogos com todos os ábitros, entao estas acçoes disciplinares sao de morrer a rir...ou a chorar.
E nao me venham com a tanga que os Jogadores do BENFICA, devem estar preparados para estas coisas.
NAO.
Os jogadores do BENFICA estao preparados e bem, para jogar com regras iguais para todos.
Isso sim.
E já chega, já ultrapassou o razoável, andarem a papaguear que contra o BENFICA, a motivaçao é outra.
Sao ou nao profissionais? Que faz o Sindicato, quando associados seus só se esforçam duas vezes ao ano e que "abrem" as pernas ao clube do Bufolas?
E ainda dizem mal dos dignos e sempre perseguidos Funcionários Públicos.
Que jogámos nervosos e com medo, que nao estamos mentalmente preparados para estes ambientes.
Os nossos Jogadores sao do que melhor há a jogar à bola.
Nao estao preparados nao senhor para bragas e olhoes.
O futebol no Mundo inteiro é apenas um jogo, nao uma guerra, para mais encomendada.
E temos o plano a resultar: os Benfiquistas que se acham com direito a invectivar os nossos, a criticar publicamente só porque pagam quotas, só porque se arvoram em donos do que é de TODO um POVO.
Criticam o quê?
Que já nao precisamos dos três pontos em nossa casa, para ficarmos em primeiroo lugar no nosso grupo da Europa?
Uma Equipa que está em primeiro "exaequo" com os trafulhas do braguinha?
Que em condiçoes normais maravilha todos quantos gostam de futebol?
Propositadamente reduz-se o BENFICA ao futebol...mas passam por cima dum facto importantíssimo: o nosso Presidente anunciou uma rádio do BENFICA, e uma CIDADE DESPORTIVA.
Peço a estes Benfiquistas que se vao juntar ao movimento perder perder, que cobardemente aproveitou a diminuiçao do avanço para os seus amigalhaços corruptos para sairem da toca.
Aí é que estao bem.

Muito antes do "palito"...

Para desanuviar dos últimos acontecimentos, do empate - mais um - contra o artur soares dias, da reacção do Di Maria às provocações e consequente expulsão, do [ironia mode on] tormento que será jogar no próximo domingo contra essa maravilha-planetária-qual-bicho-papão sem 3 ou 4 peças do nosso fraquíssimo plantel [/ironia mode off], o vosso primo preferido traz-vos um vídeo, digamos, vá lá, engraçado.

A história conta-se em meia dúzia de linhas. Muito antes de "palitar os dentes em directo", já o seboso dias ferreira fazia cenas na televisão pública, num daqueles programas "cheios de conteúdo", tipo dias seguintes, trios-de-ataques e afins.

A cena passa-se em 1999. Com o nível que lhe é reconhecido (que é nenhum), o seboso taliban defensor do 5por7em "pegou-se" em directo com o não menos bronco e reles (atributos indispensáveis, para adeptos corruptos) defensor dos Clube Regional Assumidamente Corrupto. As coisas foram azedando ao longo do programa, com bitaites daqui, resposta de acolá, etc. Mas a verdade é que a coisa chegou a estar mesmo feia quase no final, com o apresentador a ver-se obrigado a terminar abruptamente o programa quando ainda queria colocar mais uma pergunta ao Fernando "Sempre-Resignado-e-Encolhe-os-ombros" Santos. Uma paródia.

Chamo a vossa atenção (para além das "vozes de burro que não chegam a não sei onde", os "não seja parvo", os "e você não seja estúpido", a "peixeirada", os "você é que é um peixeiro", os "peixeiro é você", os "pobre país que tem um deputado destes", os "pobre país que deu uma licenciatura a um gajo como você") para o final, aquando dos créditos ao programa, com a tentativa (infrutífera) do defensor do CRAC em recolher aos bastidores. Por duas vezes é obrigado a recuar, não fosse o seboso ferreira atirá-lo pelas escadas abaixo. Como de resto fizeram ao seboso já este ano, antes das eleições nos submissos do 5port7m, e dessa forma
acabado por lhe arranjar o tacho que lhe arranjaram e não incomodar quem "tinha" que chegar ao poder. E sim, muito antes de participar naquela épica eliminatória dos ídolos, em Portimão, com os restantes batanetes compinchas de direcção.



Meus amigos, estupidez, sobranceria, brejeirice e falta de noção do ridículo, eis o 5por7em.

(os outros, já sabem, ele é a falta de nível, é o cheiro a merda que exalam da boca, é a falta de dentes acompanhada da respectiva bigodaça, etc, etc, etc...)

Gloriosas Saudações, dos estúdios improvisados da Portela.

segunda-feira, dezembro 14

AS PIRUETAS DA SEMANA [X]

VERDADES INCONVENIENTES E CONVENIENTES

O nosso Benfica jogou mal. Mesmo mal. Sofreu. Sofreu muito. Todos sofremos. Mas mesmo assim jogou o suficiente, para com toda a justiça, justificar o empate que porfiadamente procurou ao longo da segunda metade do jogo.

Aspirações intactas e liderança mantida.

DO MAL…

Um jogo que deixa algumas questões preocupantes:
- muita instabilidade e insegurança nos jogos fora.
- a débil estrutura mental e emocional de alguns dos nossos jogadores para aguentarem a pressão manhosa e trauliteira de quem foi instruído ao longo da semana para o fazer – árbitro, treinador e jogadores adversários.
- os jogadores do Benfica, pagos principescamente, têm perdido a cabeça em circunstâncias diversas. Incompreensíveis as situações ocorridas no sábado. Ou não foram devidamente avisados de que Olhão, anteontem, estava alinhado com “Palermo” e que o próximo jogo é muito importante para a equipa, para Todos?
- DiMaria tem bons pés e a cabeça vã. Evoluir como jogador é aprender por si próprio a jogar com inteligência usando esperteza. O futebol profissional é cada vez menos um jogo leal. Tem falhado em momentos chave. No Benfica e na selecção argentina. No sábado revelou uma atitude suicida. Prejudicou o Benfica no jogo, prejudicou os colegas e hipotecou alguns trunfos do Benfica para o próximo jogo.
- a equipa não tem controlado nem evitado os “sururus” que acompanham as equipas umbilicalmente ligadas ao clube corrupto de “Palermo”. Basta um rastilho qualquer para se criar o clima tendente à expulsão dos nossos. Cardozo já deveria ter-se apercebido disto.
A sensação que ficou foi a de que os trabalhos de casa da equipa técnica, do treinador e dos próprios jogadores, foram feitos em cima do joelho. Qualquer tipo de provocações têm sido cruciais para travar uma equipa como a do Benfica e por isso as reacções extemporâneas que nesses momentos acontecem com alguns dos nossos jogadores têm de ser devidamente dissecadas e trabalhadas por JJ.
- a postura inexplicável de Jorge Jesus - já para não falar nas suas opções técnicas e tácticas, muito discutíveis neste jogo - e da direcção do Benfica perante tamanhas e continuadas roubalheiras e atropelos de toda a espécie por parte dos árbitros e não só. Faz-me uma enorme confusão que JJ, que sempre foi tão lesto a malhar forte e feio nos árbitros quando estava em Braga e noutros lados e quando jogava contra o Benfica - o caso do jogo do Benfica-Braga na Luz, no ano passado, é um flagrante exemplo - teça agora uns considerandos mansos, amorfos e até muito pouco objectivos.
O Benfica, não obstante ter feito um mau jogo, foi prejudicado logo no primeiro golo que sofreu, originário de uma jogada em que Ramires não fez falta mas que o árbitro marcou. Uma violência atroz imperou em campo, com jogadas assassinas dos algarvios, não foi denunciada nem reprimida enquanto o jogo não ficou desequilibrado com o Benfica em desvantagem. O “off-side” do segundo golo sofrido e por aí adiante. JJ tem ficado nas covas. Porquê?
Porque espera JJ?

…O MENOS

- por outro lado continuamos na linha da frente.
- foram ultrapassados terrenos terrìvelmente armadilhados, como são o lamaçal do “El Trolha”, o “batatal” dos submissos e a “banheira” da corja algarvia ligada a “Palermo”. No ano passado, na Trofa aconteceu um episódio muito semelhante. Aí, a derrota provocou uma instabilidade jamais controlada. É imperioso haver serenidade a todos os níveis e cortar com a espiral de paranóia que surgiu no sábado à noite.

A equipa do Benfica nos dois próximos jogos vai vencer. O Benfica vai ganhar. Gerir bem o jogo com o AEK e jogar aquilo que sabe, com cabeça fria, contra o grémio corrupto da fruta e do putêdo serão suficientes para recolocar o Benfica no seu caminho, mesmo com as limitações que vai apresentar. Espero que JJ surpreenda!
Mesmo com Benquerença a apitar e sem jogadores importantes.
Será que o Vitó dos apitos vai ter o desplante e a desvergonha de nomear mais um adepto do Fruta, Corrupção & Putêdo para o próximo jogo da Luz?
A nomeação é uma premeditação de dois meses, ou estava à espera do resultado de ontem, do Benfica em Olhão, para decidir?

OLHOS BEM ABERTOS E PÉS BEM ASSENTES NA TERRA!

SOARES DIAS – TAL PAI, TAL FILHO

Artur Soares Dias é um árbitro perigosíssimo. Sabe da poda e demonstra-o, colocando em campo todas as manhas de anos e anos de aprendizagem em terras corruptas. Não pertencesse ele à associação por onde passaram figuras gradas da corja - Adriano Pinto, Lourenço Pinto, Pinto de Sousa.
Que capoeira tão mal cheirosa!
É um dado adquirido e há muito tempo.
As suas amizades no círculo do grémio condenado por corrupção são muitas e boas. A que tem com o “Bicho” não foge à regra.
O Vitó dos apitos não falhou, como eu não falhei na previsão da sua nomeação para o jogo do Benfica em Olhão.
Para estes jogos, não obstante possa ser nomeado um bando de gatunos mais ou menos conhecido, os “apitadeiros” têm de ser “inteligentes”. E Artur, tal como o seu pai, outro grande manhoso já falecido, sabe bem qual é a sua missão – evitar que o Benfica ganhe, beneficiando directa ou indirectamente o seu querido grémio condenado por corrupção. A todo o custo. Já o conseguiu duas vezes esta época. E sempre assim será até aparecer um Diabo que o mande a ele e a mais alguns para o inferno. Na lista, há pelo menos meia-dúzia. E quase todos da associação do lamaçal e da podridão de “Palermo”.
Artur Soares Dias deu cinco minutos exactos de tempo extra, não fosse o diabo tecê-las. Depois do tempo gasto nas simulações de lesões e “sururus”, na expulsão do Garcia lagarto, apitou logo que pôde pois não fosse o Benfica marcar ainda o terceiro.
Artur, mais um na mesma calha do Sousa do Lordêlo.
Um luxo para o grémio da Fruta Corrupção & Putêdo.

OS TÚNEIS ARMADILHADOS

À frente dos destinos do Olhanense, apareceu um tal Isidoro (olha que nome!) que é adepto assumido do grémio condenado por corrupção. As directivas estavam dadas e o túnel armadilhado. Jorge Jesus, ao intervalo fez recuar os jogadores. Fez bem. Evitou confusões e males maiores.

UM BICHO “EXEMPLAR”

Jorge Costa, alcunhado de “bicho”, um puxador de carroça labrego, estratègicamente colocado pelo grémio condenado e que treina o clube de Olhão, chamou várias vezes “filho da puta” a Javi García.
Perante tal espécime, emergente de uma escória selvagem bem identificada, todos terão o mesmo direito de chamá-lo “filho da puta” em qualquer lado e em qualquer altura, nas mesmas condições. E são milhões que têm legitimidade para o fazer. Pelo menos aqueles que viram mais essa miserável atitude de um filho do grémio condenado por corrupção e de um anti-Benfiquista primário e primata.

OLHANENSE – UM TENTÁCULO DO POLVO DE “PALERMO”

Numa coisa a corja corrupta, esteja onde estiver, seja em “Palermo”, seja no Algarve, é exímia. Desestabilizar, criar um clima de ódio ao Benfica, de coacção e de medo, valendo todas as tácticas para criar um autêntico clima terrorista e de intimidação, nem que para isso tenha de transferir temporàriamente, para além de jogadores, a sua escória submundana e marginal.
Violentos, manhosos e provocadores, com uma incontida agressividade verbal durante a semana e pelo jogo fora, é a escória de “Palermo” a “passear-se” pelo relvado, bancadas, clube, rádios, TV’s, etc., deste país.
Ao contrário do jogo contra o “patrão”, em que os seus jogadores emprestados e outros, estenderam a passadeira e escancharam debochadamente as perninhas aos seus amigos corruptos, o Olhanense fez anteontem o jogo da sua vida para os próximos trinta anos, pois tendo a liderá-lo dois podões eufeudados à corja, um “isidoro” na direcção e um “bicho” no futebol, lá irão aos trambolhões pelas divisões abaixo.
O povo de Olhão não merece este tipo de maroscas. Um clube manipulado por adeptos do grémio corrupto enquanto tiver utilidade. Depois será jogado para o lixo como muitos. Tal qual como o Portimonense, há um bom par de anos atrás.

Ó EDUARDO "OLHÓ" RELÓGIO!

Carvalhal ao fazer aquele cagaçal final, todo enxofrado, apontando para o relógio e olhando para os árbitros, até parecia que estava a insurgir-se em relação ao tempo extra.
Então não era isso que ele fazia quando as suas equipazinhas de merda jogavam contra o Benfica, com autocarros, anti-jogo, simulações e todos os truques de um treinador medíocre?
Mas afinal ele não protestava por isso, mas sim pelos sete (7!) minutos que era pouco tempo extra para o anti-jogo que a outra equipa estava a fazer.
Cá se fazem, cá se pagam!

Franguício, guarda-redes da selecção nacional (?), tal como Eduardo, continua a brilhar.

Vasco Santos e seus ajudantes retardaram escandalosamente uma derrota consumada do Ceportén, anulando um golo limpíssimo aos do Liz, a meio da segunda parte do jogo.

E por fim, a galhofa no “batatal” dos submissos.
O público submisso gritava:
- Ó Barroso atrasa a hora!
E dizia o homem desesperado:
- Só se for em uma hora, pois já vai em sete minutos a mais e mesmo assim não chegam! Mas ainda assim vou tentar encurtar o tempo de jogo em Olhão! Pode ser que o golo do Nuno Gomes dê para este!
É obra.
O Vasquinho bem deu os empurrõezinhos da ordem, mas nem assim aproveitaram.
Seria para agradar ao Vitó dos apitos?

CORRUPTOS & TROLHAS

Os trolhas vão ao supermercado dos móveis na próxima semana. Oxalá, numa pequena odisseia, Ulisses lhes enfie alguns carunchosos e esconsos, pois aos domingos é tudo a preço de saldo.

Para a semana cá os esperamos, aos outros, aos incríveis de “Palermo” de escovas de dentes em punho.
Aos tais que não vêem TV.
Àqueles que estão a mais neste país.
Aos da Fruta, Corrupção & Putêdo.
Aos mais miseráveis dos miseráveis.
Aos batoteiros antes de 2007, segundo Platini.

Para os Companheiros Gloriosos que estiverem presentes no Santuário da Luz, nessa Catedral Gloriosa peço que os recebam, chamando-os pelo seu verdadeiro nome - CORRUPTOS!

GRÃO VASCO