segunda-feira, março 20

O jornalismo que se pratica neste país.

Chamar "jornalismo" ao que se  pratica em Portugal é um exagero do qual desde já me penitencio. Não são isentos, são manipuladores e mestres na desinformação. Daí o exagero de chamar "jornalistas" a uma cambada de jornaleiros amestrados.
Vamos por partes. No sábado passado,dia do jogo do Tricampeão em Paços de Ferreira, as capas foram estas:


Uma pressão inacreditável e inqualificável sobre um jogador do BENFICA. Transformarem a situação dos cartões do Pizzi num caso nacional é mais do que deprimente. Como os filhos da fruta estão todos cagadinhos de medo do Pizzi, lá os miseráveis jornaleiros amestrados tiveram que alimentar a pressão feita pelos azuis e broncos. E isto num jogo que foi apitado por um árbitro que não assinalou dois penalties flagrantes (além de cartões evidentes) da última vez que apitou o SLB (no jogo em Setúbal). Ou seja, para esta escumalha o Pizzi estava pressionado para não levar amarelo, mas quanto ao árbitro está tudo bem, tudo tranquilo, não se passa nada. Faz de conta que não aconteceu o que aconteceu em Setúbal... a verdade é que se aquele mesmo árbitro tivesse feito o que fez ao clube corrupto, tão cedo não apitava um jogo deles. Mas disto não falam eles.

O jogo em Paços de Ferreira acabou assim:



Mas isto não é um empurrão flagrante que impede o Jonas de cabecear como pretendia?
Só porque foi no último minuto dos descontos é para garantirem que este árbitro pode fazer isto as vezes que bem lhe apetecer?
É assim tão diferente disto:


 A diferença está no tratamento dado a ambos os casos. O lance em Tondela foi um penalty que não oferece discussão, mesmo que nesse jogo tenham sido marcados 3 (TRÊS!!!) para o mesmo clube. Uma banalidade desde que não sejam 3 penalties no mesmo jogo a favor do SLB, porque nesse caso a banalidade passa a ser um escândalo de proporções inimagináveis.
O de Paços de Ferreira mereceu isto nos jornais do dia seguinte:


"Não há infracção no Lance de Jonas" e "Jonas cabeceou sem infracção". E pronto, está o caso arrumado.

Já os jornais de hoje são assim:


Em todas as capas falam em penalty por marcar a favor do clubeco regional de andrades corruptos (num deles até diz que ficaram 3 por marcar... surreal a falta de vergonha destes fdgp).

Uma coisa é estas marionetas disfarçadas de jornalistas não quererem que o ENORME seja tetra campeão. Estão a fazer de tudo através do seu mau péssimo profissionalismo, é mais do que flagrante. Outra coisa é pensarem que neste país são todos parvos.
Agora os jogadores, dirigentes e treinadores do BENFICA que continuem a dar entrevistas exclusivas a quem tão mal nos trata...

sexta-feira, março 17

As nomeações cirúrgicas desta jornada

Isto é a prova provada de que as ameaças, as visitas a árbitros e familiares, e o constante falar de árbitros resulta e de que maneira!
Para o jogo do Tricampeão contra o Paços de Ferreira foi escolhido o árbitro que não puniu com cartão isto:



O mesmo árbitro que não assinalou penalty aqui:



Nomearem um árbitro que perdoou cartões e fingiu que não viu dois penalties flagrantes é, sem dúvida nenhuma, uma excelente escolha. Amanhã, se acontecer o previsto, ou seja, se este mesmo árbitro andar o jogo todo a perdoar cartões aos jogadores do Paços, e se não assinalar penalties flagrantes a favor do SLB, pode haver algum choque com a falta de vergonha desta gente, mas não pode haver surpresa.

Para o jogo do clube da fruta foi escolhido este:


Mas ele é mais do que um ombro amigo! É um excelente desbloqueador de jogos e não pode ver nenhum azul e bronco a ajoelhar-se


No jogo da primeira volta entre SLB e Setúbal foi decisivo, ao permitir isto:


Apesar destas nomeações cirúrgicas, o medo dos corruptos é tanto que andam a pressionar para ver se o Pizzi leva amarelo para não jogar contra eles. É a confiança que têm nos seus jogadores e técnicos.
A realidade é outra (dados retirados do blogue E Pluribus Unum):

O Porto é a equipa que mais minutos tem em superioridade neste campeonato (284 minutos) e o Benfica o que tem menos (8 minutos)

O Benfica é a equipa dos 3 grandes com menos penalties assinalados a seu favor (4 contra 6 e 7 de Porto e Sporting respectivamente)

O Benfica é a equipa dos 3 grandes que mais minutos tem em inferioridade numérica (50 minutos contra 26 do Sporting e 0 do Porto)

O que vale é isto:


No ENORME está sempre tudo na boa... os outros podem fazer e dizer o que bem lhes apetece, porque não abalam a postura de dirigentes e treinadores do BENFICA. Bem, se calhar só a mim é que faz confusão estes ataques diários e vergonhosos ao nosso Clube...

quinta-feira, março 16

Alguém sabe como estão estes processos?

O tempo vai passando e continua a haver um silêncio ensurdecedor sobre dois casos que já deviam estar mais do que resolvidos, isto se de facto quem acompanha o futebol português defende a verdade desportiva.

O primeiro caso é o do abalroamento de um jogador sobre o árbitro. Este vídeo mostra claramente o jogador a correr na direcção do árbitro, e depois a recuar sempre na linha onde o árbitro também estava a recuar, provocando o choque:



Antes deste vídeo surgir era isto:





Depois do vídeo ser conhecido publicamente nunca mais se falou na "expulsão mais injusta da história". Então mas este vídeo não correu a imprensa mundial porquê? Não foi notícia no estrangeiro porquê? Não fez correr tinta além fronteiras porquê?
Será que provocar um choque com o árbitro é uma coisa absolutamente normal no futebol? Ou se calhar é melhor não mexer mais neste assunto porque afinal não foi bem como o tentaram "vender?!?


O outro caso que quero trazer aqui é este:



O árbitro teve que ser escoltado para sair do relvado!
Eu repito: o árbitro teve que ser escoltado para sair do relvado!!!



A sério, não há castigo para ninguém? É assim tão normal um árbitro ter que ser escoltado para sair do campo? Este comportamento de jogadores e treinadores que obrigou a esta escolta policial é assim tão banal para nunca mais se ter falado nisto?!?

Se calhar é só a mim que faz uma tremenda confusão as entidades responsáveis pela disciplina no futebol português não se pronunciarem sobre estes casos. Assim como se calhar só eu acho incrível (mas não surpreendente, claro) os jornaleiros deste país branquearem isto de forma vergonhosa. Mas gostava mesmo de saber se estes casos apenas vão ser julgados lá para o final de maio (como a cotovelada do Slimani sobre o Samaris na época passada), ou se nunca mais vão ser analisados.
E já agora, e se fosse um jogador do BENFICA a fazer o que o Danilo fez? E se fosse o Rui Vitória e os seus jogadores a fazerem o que o Jesus e seus jogadores fizeram? Como seria?
Agradece-se a quem tenha informações sobre estes processos. Nem que seja a confirmação de que se pode abalroar árbitros e "ir para cima deles" dentro de campo até provocar escoltas policiais.
Pelo menos assumam!

terça-feira, março 14

Momento actual do futebol português

O que eu não me ri quando vi o resumo do Arouca-fóculporto da sexta feira passada. O Bracalli a atirar-se para dentro da baliza e a encolher os braços foi qualquer coisa de surreal.


Deve ter sido qualquer promessa que ficou desde os tempos em que jogou no clube da fruta.
E assim lá vai a corrupção continuando a ganhar os seus jogos, com todas as facilidades do mundo. Quando não são os árbitros amigos nem os árbitros ameaçados e que não se recusam a apitar o clube dos adeptos que o ameaçaram, são os ex jogadores a fazerem de tudo para garantirem vitórias forjadas. Acho até que nem é preciso haver maletes cheios de dinheiro para garantirem estas vitórias.

O mundo do faz de conta onde vivem os lagartos imbecis e a vergonhosa comunicação social deste país não pára de surpreender



Quem diria... está tudo tão bem que até faz de conta que não acabaram a época em Janeiro. Faz de conta que não estão a 12 pontos do Tricampeão. Faz de conta que não foram beneficiados com 3 penalties neste último jogo (eu nem quero imaginar o que seria se fosse o SLB a ter 3 penalties a seu favor...). Faz de conta que não têm o plantel e o treinador mais caros de sempre, com os resultados que se conhecem. Está tudo tão bem que a jornaleirada anda doida com tanta ambição e união


O que a pequenez e a inexistência de grau de exigência fazem a este tipo de clubes e adeptos...

Como não ligo absolutamente nada ao que se vai passando no futebol português, só ontem fiquei a saber quem é o novo treinador do Estoril.


hehehe, a sério, mas porquê este? Sai mais um clube satélite da corrupção...

sábado, março 11

Jorge Costa, um exemplo de provincianismo complexado

Alguém me disse que um ex carroceiro (também conhecidos por "porcos da bola") do futebol corrupto do Porto deu esta semana uma entrevista.
Um tal de Jorge Costa.
Para quem não se lembra é este:


Pois, o rapazola tinha a mania que era mau, mas neste dia levou naquela tromba e não foi pouco. Aquilo tem que doer...

Voltando à entrevista, a frase marcante é esta:

"Com Oliveira era mais a vertente psicológica, mais emocional. Antes dos jogos com o Benfica era bravo. Se o meu pai estivesse vestido de vermelho atropelava-o, se a minha mãe estivesse de vermelho atropelava-a."

Tão lindo, tão profundo, um ambiente familiar de meter inveja!
É disto que eles "bebem" por aqueles lados (além da poção do Póboas, claro).
Além de jogadores, quantos mais treinadores, dirigentes e adeptos não pensarão desta forma?
E ainda há malta inocente no BENFICA que não percebe isto? Que não percebe que infelizmente este futebolzinho (e não só) em Portugal é uma guerra onde o SLB é o alvo a abater?!?
Isto é apenas mais um exemplo (como os outros complexados que proíbem carros e botas vermelhas) do antibenfiquismo primário neste país. Se os dirigentes, treinadores e (alguns) adeptos do Tricampeão acham que a actual postura perante tudo isto é a mais adequada, eu tenho muitas, mas mesmo muitas dúvidas. Mas oxalá que esteja enganado...

terça-feira, março 7

Jorge Sousa bom, Jorge Sousa mau

Este árbitro é como um famoso banco. Isto claro nas mentes perturbadas de adeptos, dirigentes e treinadores do clube dos depósitos em contas de árbitros, claro.

Aqui era bom, a roçar o excelente:










Depois, apesar disto:


Lá continuaram a vender mentiras


Como vivem num mundo à parte, apesar de todas as prendinhas já oferecidas pelo Jorge Sousa ao longo da sua carreira de árbitro, nesta altura já era o culpado de tudo e mais alguma coisa.
Até esta última jornada:


Mais uma oferta, apenas mais uma oferta deste árbitro a este clube.
Já estamos perante a versão Jorge Sousa bom na cabeça dos brunistas e dos saraivas, certo?

domingo, março 5

A dupla vitória de ontem rumo ao tetra

Sábado importante o de ontem.
Não só ganhamos mais três pontos na manutenção do primeiro lugar


Conseguidos num jogo apitado pelo inenarrável Artur Soares Dias, o tal que foi ameaçado de morte, mas que mesmo assim não se recusou a apitar o clube da fruta ó chocolate, para lhes poder perdoar um penalty flagrante em Paços de Ferreira. Jogos apitados por este rapazola deviam valer mais do que 3 pontos!

Mas o sábado também foi importante por causa disto:


A reeleição do Bruno!
Eu bem sabia que a inteligência (hahahaha) dos sportinguistas não nos ia desiludir, e que iriam deixar o homem tentar o tetra.
Partilho desde já o comentário de João Gabriel, porque é isto que vai na cabeça de (julgo eu) todos os Benfiquistas:


E o começo deste novo mandato promete:


Quem não estiver preocupado que avise, hehehe.


Bruno a ser Bruno...
O meu profundo e mais sincero agradecimento a quem ajudou a esta reeleição. O presidente que melhor exemplifica o que é este clube. Que pena o mandato ser só por quatro anos...

quinta-feira, março 2

Coagir árbitros, afinal o que é?


Segundo o diretor de comunicação do futebol corrupto do Porto, o Tricampeão é o clube que anda a coagir árbitros. Isto apesar de a grande maioria de Benfiquistas (onde me incluo) achar que o Benfica, através da sua direção, treinador e/ou departamento de comunicação, deveria ter um papel mais interventivo e assertivo na defesa do Clube perante tantos erros de arbitragem que nos prejudicou e prejudica. O diretor de comunicação do futebol corrupto do Porto talvez devesse saber do que fala antes de fazer estas figurinhas ridículas...

O que de certeza não é considerado coação a árbitros é isto:


O que eu não me ri quando vi isto... e enquanto limpava as lágrimas de tanto rir deste povinho algumas questões vieram-me à cabeça:
- "SD" quer dizer que finalmente assumem que são Super Deficientes?
- Eles sabem um bocadinho de história que seja? É que se conhecem a história do Calabote, sabem que é uma história inventada por alguém que é limitado intelectualmente, pois o clube da fruta foi campeão nessa época.
- O facto de haver claques legalizadas pelos clubes não significa que esses mesmos clubes são responsabilizados pelos atos das claques? Se não, para que serve a legalização de claques?
- Os super deficientes sabem que o árbitro auxiliar do jogo entre o Estoril e Benfica para a taça (onde os azuis e broncos já foram corridos) foi o mesmo que não quis ver isto:




Depois de termos visto um árbitro a precisar de escolta para abandonar o relvado (Setúbal-zbording, taça da Liga), depois de vermos um árbitro a ser ameaçado de morte (ver aqui) pelo mesmo rancho folclórico disfarçado de claque que pintou aquelas paredes, agora temos isto:


Este é o clima de terror resultante do BENFICA coagir árbitros... só pode...
Sabem quem é que tem sorte? O Xistra, o Jorge Sousa, o Soares Dias, o Fábio Veríssimo, o Tiago Martins, o Hugo Miguel, o Manuel Oliveira, o Vasco Santos, o Luís Ferreira, o João Pinheiro, etc.
Esses ou não têm pais nem filhos, ou fazem sempre grandes arbitragens...